O Taco da Calamidade


A dificuldade de vocês é que [...] não olham o que está debaixo da superfície. 2 Coríntios 10:7

Bob visitava seu amigo que morava numa grande propriedade rural na Austrália. Depois do almoço, os dois homens caminharam pelos jardins que rodeavam a casa. Numa extremidade do pátio, chegaram a um velho galpão.
– O que há lá dentro? – perguntou Bob.
O amigo abriu a porta. – Não muita coisa – disse ele. – Só umas ferramentas velhas, equipamento de jardinagem e peças disso e daquilo. É aqui que jogamos tudo o que não nos interessa mais.


Bob olhou ao redor, para as pilhas de trastes cobertas de pó e telas de aranha. Seus olhos viram algo que o interessou, numa prateleira. 
– O que é aquilo? – inquiriu ele. – Ah, um velho taco de jogar golfe. 

– Seu amigo pegou a enferrujada peça de metal. Soprou o pó e entregou-o a Bob.

Bob examinou o taco descartado. – É seu? perguntou ele. 

– É. Esse taco só me deu problemas, por isso o chamei de "taco da calamidade". Faz uns três anos que o usei pela última vez. Aquele foi um dia terrível no jogo, e coloquei a culpa no "taco da calamidade". Trouxe-o para casa, coloquei-o na prateleira e não o usei mais.

– Você se importaria se eu ficasse com ele? – quis saber Bob. 

– De jeito nenhum! – disse o amigo. – Mas vou avisando: ele não é bom. Não me culpe se você perder seus jogos, tentando dar as tacadas com esse ferro velho.

Não muito tempo depois daquilo, Bob (conhecido no mundo inteiro como Bobby Jones, o campeão de golfe), deu uma tacada com o desprezado taco na direção do décimo oitavo buraco do campo de golfe de 
St. Andrews. Com aquela tacada, Bobby Jones venceu o campeonato aberto da Grã-Bretanha. No mesmo ano, venceu o campeonato nacional aberto dos Estados Unidos, com o mesmo "taco da calamidade", enferrujado e descartado.

Será que não existem algumas pessoas que você colocou "na prateleira"? Estaria você ignorando a possibilidade de se tornar amigo de pessoas com necessidades especiais, idosas, pobres, refugiados ou desabrigados? Ou daquelas que pertencem a etnias e culturas diferentes? As histórias deste mês são sobre pessoas que fizeram amizades surpreendentes.

Escolhendo Amigos
Você não pode determinar o valor de um indivíduo por sua aparência exterior.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...