ELE OS DERRIBARÁ

E, visto que não atentam para os feitos do Senhor, nem para o que as Suas mãos fazem, Ele os derribará e não os reedificará. Sal. 28:5.

O Brasil teve um boxeador chamado Adilson Rodrigues da Silva, mais conhecido como “Maguila”. Homem grande, forte e duro. Quando, em certa ocasião, ventilava-se a possibilidade de lutar com Mike Tyson, um jornalista lhe perguntou: “Você tem medo de Tyson?” A resposta do folclórico Maguila foi: “Eu não tenho medo de ninguém, eu só tenho medo dos juízos de Deus.”

A declaração desse homem simples, com cara de mau, pareceria ter sido inspirada no salmo de hoje. Esta não é uma súplica, apenas uma declaração do salmista. É uma profecia que descreve o fim de pessoas que se endurecem contra Deus.


O dramático dessa situação é que Davi está falando, neste verso, do seu filho Absalão e os que junto a ele tentaram arrebatar-lhe o reino. Portanto, não se pode pensar que esta seja a maldição de um rei irado contra os seus inimigos. Lembre-se de que na última batalha contra o filho rebelde, Davi ordenou a seus generais: “Tratai com brandura o jovem Absalão, por amor de mim.” II Sam. 18:5.

Davi, neste caso é uma pálida figura do modo como Deus trata as criaturas rebeldes. Ao inteirar-se da morte do seu filho, pendurado pela cabeça entre os galhos de uma árvore e atravessado de flechas, Davi chora: “Meu filho Absalão, meu filho, meu filho Absalão! Quem me dera que eu morrera por ti, Absalão, meu filho, meu filho!” II Sam. 18:33.

O amor de Deus pelos seres humanos é inquestionável. Os maus e os bons são amados pelo Senhor. Mas é inquestionável o fato de que os rebeldes receberão de maneira natural a conseqüência das decisões erradas que tomaram.

No salmo de hoje, Davi não menciona apenas a palavra de Deus. Aqueles rebeldes não se opuseram ou menosprezaram só os ensinamentos divinos. Aquelas pessoas negaram os “feitos” e “o que as mãos de Deus” fizeram. Deus é muito misericordioso com a criatura, vai além da teoria. Mostra-Se. Mostra Seus feitos. Todos os dias. Em cada esquina. Em detalhes simples ou em acontecimentos extraordinários, Suas obras estão sendo mostradas por amor ao ser humano.

Mas a criatura parece não entender. Rejeita-O. Endurece-se, “e, visto que não atentam para os feitos do Senhor, nem para o que as Suas mãos fazem, Ele os derribará e não os reedificará”. Vale a pena pensar nisso hoje. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...