Na hora e no lugar certos

Vocês planejaram o mal contra mim, mas Deus o tornou em bem. Gênesis 50:20, NVI


Eram quase dez horas naquela noite de sexta-feira, e eu estava muito cansada enquanto percorria os 9,5 quilômetros de uma estrada escura e sinuosa, voltando do ensaio do coral para casa. Embora essa estrada não tivesse postes de luz ou acostamento, frequentemente eu tomava esse atalho. Sempre agradecia a Deus a proteção, enquanto Ele conduzia meu fiel carro ao longo dessa rua perigosa, com mão dupla.
Por vários dias, meu carro de 10 anos andava fazendo uns ruídos estranhos e eu havia planejado levá-lo ao mecânico, mas não o fizera. Cheguei à minha casa com segurança, e imediatamente fui dormir, já que precisava levantar cedo na manhã seguinte para ir à igreja.

O sábado amanheceu claro e ensolarado. Enquanto dirigia, pensei na parte que iria desempenhar durante o culto na penitenciária, mais tarde, naquele dia. Na metade do percurso daquela mesma estrada de voltas e curvas, olhei pelo espelho retrovisor e vi um policial me seguindo. Embora não estivesse correndo, ainda fiquei ansiosa. Pensei que teria que dirigir vários quilômetros mais, com ele atrás de mim, porque a faixa amarela dupla indicava ultrapassagem proibida na extensão daquela via. Quase imediatamente após pensar em meu desconforto por ter um policial dirigindo atrás de mim, meu carro parou, morreu. Não se movia. Quando o tráfego começou a se avolumar, o policial saiu do carro dele e veio até o meu lado para perguntar qual era o problema. Quando lhe disse que o carro nem arrancava nem dava marcha a ré, ele começou a orientar o trânsito ao meu redor.

Acontece que, naquela manhã, um grupo de operários da construção estava preparando a área onde seriam construídas algumas casas. O policial mandou que os homens empurrassem meu carro até um lugar seguro.

Enquanto eu acenava e agradecia ao policial e aos outros homens, fiz uma oração de agradecimento pela misericórdia de Deus. Nem imagino o que teria acontecido naquela estrada escura, na noite anterior, enquanto eu dirigia sozinha. Durante as numerosas vezes em que andei por aquela estrada, nunca antes havia sido seguida por um policial, nem houvera um lugar que servisse de acostamento. Embora eu esperasse algo negativo quando o carro parou, Deus sabia do que eu estava precisando e mandou o auxílio no momento certo!

Charlene M. Wright

Fonte: Meditação da Mulher
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...