O Atleta Espiritual


Exercite-se diariamente em Deus – nada de flacidez espiritual, por favor! A prática de exercício físico no ginásio é útil, mas uma vida disciplinada em Deus é muito mais, colocando-o em forma tanto hoje quanto na eternidade. 1 Timóteo 4:8

Se você pensa que participar de uma maratona é o teste máximo de resistência (ou loucura) humana, considere, então, o caso daqueles que correm cinco maratonas de uma só vez. Chamados ultramaratonistas, eles correm 20 horas sem parar.

No mundo desses superatletas, a corrida mais difícil é a
Ultramaratona de Badwater. O trajeto de 216 quilômetros tem como ponto de partida o Death Valley [Vale da Morte], um trecho do Deserto Mojave considerado o local mais quente do planeta. A temperatura pode atingir mais de 54 ºC. O asfalto fica tão quente (acima de 93 ºC), que os maratonistas precisam correr sobre a faixa branca para evitar que o tênis derreta. A corrida começa abaixo do nível do mar e atinge 2.560 metros na linha de chegada, a meio caminho do Monte Whitney, o pico mais alto dos 48 estados continentais norte-americanos.

Durante uma corrida recente, 72 maratonistas de 11 países se qualificaram para a
Ultramaratona. Sete eram mulheres, incluindo Pam Reed, 46 anos, mãe de três filhos, que já havia vencido a corrida nos dois últimos anos. Reed, de 1,62 m de altura, pesa apenas 45 quilos. Seu método de treino não é nada convencional. Sem treinador, sem nutricionista e sem nenhum programa de treino, Reed simplesmente corre o máximo que consegue, até cinco vezes ao dia.

Outro competidor,
Dean Karnazes, 43, corre 50 quilômetros durante a semana e 160 nos fins de semana. Ele provavelmente já correu mais do que qualquer outra pessoa – 563 quilômetros em 81 horas. São três dias sem dormir. Para Karnazes e outros que se dedicam à prática de esportes radicais, o objetivo é ver até onde o corpo é capaz de ir. Eles competem, não por causa do prêmio (o vencedor da Ultramaratona Badwater recebe apenas uma fivela e um tapinha nas costas), mas pela satisfação pessoal que o esforço extremo os faz sentir.

Muito mais importante é nos dedicarmos à corrida da vida, nos disciplinarmos para nos tornarmos atletas espirituais preparados para o serviço do Mestre, esforçando-nos para ser e fazer o melhor para a Sua glória e para tornar este mundo um lugar melhor! Um novo dia nos espera. Não sabemos para onde seu curso nos levará, mas de uma coisa temos certeza: Alguém já percorreu esse caminho antes de nós. Seus pés formaram bolhas, Sua testa ficou repleta de gostas de suor e sangue. Na força de Sua vitória, nós também podemos vencer.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...