Em nome do Senhor

Tu vens contra mim com espada, e com lança, e com escudo; eu, porém, vou contra ti em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado. 1 Samuel 17:45

Davi tirou a armadura do rei e, em lugar dela, tomou apenas seu cajado, com seu alforje de pastor e uma simples funda. Escolhendo cinco pedras lisas do ribeiro, guardou-as e, com a funda na mão, aproximou-se do filisteu. O gigante deu ousadamente largos passos para frente, esperando encontrar o mais poderoso dos guerreiros de Israel. Seu escudeiro ia adiante dele, e parecia como se nada lhe pudesse resistir. Ao se aproximar mais de Davi, viu apenas um rapaz que, pela sua idade, podia se dizer que era um menino. O rosto de Davi tinha o aspecto rosado sadio, e sua forma esbelta, desprotegida de armadura, mostrava-se exposta. Entre o perfil do moço e as sólidas proporções do filisteu, havia um acentuado contraste.

Golias encheu-se de surpresa e ira. Sua indignação irrompeu em palavras com o propósito de aterrorizar e oprimir completamente o ousado jovem à sua frente. “Sou eu algum cão”, exclamou ele, “para tu vires a mim com paus?” (v. 43). Então o filisteu derramou sobre Davi as mais terríveis maldições por todos os deuses que conhecia. E bradou com escárnio: “Vem a mim, e darei a tua carne às aves do céu e às bestas do campo” (v. 44). Essa arrogante ameaça só serviu para inspirar o jovem com a mais elevada coragem, fazendo arder em seu coração um entusiasmo ainda maior para silenciar o inimigo de seu povo. Davi não fraquejou diante do campeão dos filisteus. Sabia que estava prestes a lutar pela honra de Deus e pela libertação de Israel, e seu coração estava
tranquilo e cheio de esperança.

Dando passos à frente, disse ao seu adversário, em uma linguagem ao mesmo tempo simples e
eloquente: “Tu vens a mim com espada, e com lança, e com escudo; porém eu vou a ti em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado. Hoje mesmo o Senhor te entregará na minha mão; e ferir-te-ei, e te tirarei a cabeça, e os corpos do arraial dos filisteus darei hoje mesmo às aves do céu e às bestas da terra; e toda a terra saberá que há Deus em Israel” (v. 45, 46) (Signs of the Times, 10 de agosto de 1888).

-> Texto: Ellen G. White, do devocional 2013 “Perto do Céu”, da 
Casa Publicadora Brasileira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...