Enganos dos últimos dias

O Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios. 1 Timóteo 4:1 

Antes das últimas manifestações da obra da apostasia, haverá uma confusão da fé. Não haverá ideias claras e definidas a respeito do mistério de Deus. Será deturpada uma verdade após a outra. [...] Há muitos que negam a preexistência de Cristo e, com isso, negam Sua divindade. Não O aceitam como Salvador pessoal. Essa é uma negação total de Cristo. Ele é o Filho unigênito de Deus, um com o Pai desde o início. Por Ele, os mundos foram criados. 

Ao negar a encarnação miraculosa de Cristo, muitos rejeitam outras verdades de origem celestial e aceitam as fábulas de invenção satânica. Perdem o discernimento espiritual e praticam aquilo que lhes é trazido e impresso em sua mente por meio da intervenção de Satanás. [...]

O espiritismo está prestes a cativar o mundo. Muitos há que julgam ser o espiritismo mantido por truques e imposturas, mas isso está longe da verdade. Um poder sobre-humano está operando de várias maneiras, e poucos têm
ideia do que será a manifestação do espiritismo no futuro.

O fundamento do êxito do espiritismo foi posto nas afirmações feitas dos púlpitos de nossa terra. Os pastores têm proclamado como doutrinas bíblicas falsidades originadas no
arquienganador. A doutrina da consciência após a morte, de o espírito dos mortos se comunicar com os vivos, não tem fundamento nas Escrituras. No entanto, essas teorias são afirmadas como sendo a verdade. Por meio dessa falsa doutrina, tem sido aberto o caminho para os espíritos dos demônios enganarem o povo, apresentando-se como os mortos. Instrumentos satânicos personificam os mortos, levando assim as pessoas ao cativeiro. Satanás tem uma religião, tem uma sinagoga e devotos adoradores. [...]

Os sinais e as maravilhas do espiritismo se manifestarão cada vez mais, à medida que o professo mundo cristão rejeitar a verdade abertamente revelada na Palavra de Deus e se recusar a ser guiado por um claro “assim diz o Senhor” (Jr 23:2), aceitando em seu lugar doutrinas e mandamentos humanos. [...]

A confederação do mal não subsistirá. Deus diz: “Ao Senhor dos Exércitos, a Ele santificai; seja Ele o vosso temor, seja Ele o vosso espanto. Ele vos será santuário” (Is 8:13, 14) 
(Signs of the Times, 28 de maio de 1894).


-> Texto: Ellen G. White, do devocional 2013 “Perto do Céu”, da Casa Publicadora Brasileira.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...