Papai Noel é Alemão?

É mais feliz quem dá do que quem recebe. Atos 20:35 

Você é bom de cálculo? Sabia que 200 mil euros equivalem aproximadamente a meio milhão de reais? Com tudo isso, você pode comprar seis mil bolas de futebol profissionais ou 12 mil bonecas Barbie novinhas! É muito dinheiro, não é? 

Agora, vamos viajar até a Alemanha e conhecer uma história misteriosa e surpreendente. Na cidade de Braunschweig, algo muito estranho começou a acontecer. Envelopes brancos sem qualquer identificação foram encontrados em vários locais. Quer exemplos? Atrás de uma estante com livros de hinos na pequena igreja, embaixo de um tapete bem na entrada de um hospital e na recepção do jornal local. Dentro deles estavam 20 notas de 500 euros cada e um pequeno recorte de jornal da cidade com alguma notícia triste.

Até agora, mais de 200 mil euros foram encontrados espalhados nesses “envelopes da sorte”, sempre destinados a locais que poderiam ajudar alguém. E por que alguém doaria tanto dinheiro assim? E sem colocar qualquer informação que identificasse o benfeitor? 

A pequena Braunschweig está chamando a atenção da Europa por causa desse curioso caso, e o doador anônimo já está sendo chamado até de “Papai Noel alemão”. Alguns dizem que pode ser alguém com muito dinheiro que sofreu alguma perda recente, ou um milionário buscando emoção para seu dia a dia, ao ver como as pessoas reagem quando recebem tamanho presente. A verdade é que, apesar da extrema curiosidade, nenhum órgão público está querendo investigar o caso. “Vamos respeitar o desejo do anonimato dessa pessoa generosa”, afirmou o editor do jornal. 

E você? O que faria se ganhasse um envelope com muito dinheiro? Ou, melhor ainda, imagine se você pudesse distribuir envelopes assim. Dar algo bom sem receber nada em troca é uma aventura humana digna de emoções divinas. Deus fez o mesmo ao doar Seu Filho para ajudar pecadores que nem sabiam disso. Os discípulos fizeram isso curando muita gente doente, conforme está registrado nas páginas do livro de Atos. E nós também deveríamos imitá-los, compartilhando aquilo que temos com quem sofre. 

Que tal ajudar alguém sem se identificar? Pode ser através de roupas, alimentos, remédios ou até de uma Bíblia. Afinal, dar coisas boas sem querer nada em troca é como experimentar um pedacinho do Céu antes mesmo de chegar lá.
E você nem precisa da barba branca para se sentir um Papai Noel. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...