Ninho vazio

Jabez orou ao Deus de Israel: “Ah, abençoa-me e aumenta as minhas terras! Que a Tua mão esteja comigo, guardando-me de males e livrando-me de dores.” E Deus atendeu ao seu pedido. 1 Crônicas 4:10, NVI

Cresci com oito irmãos e irmãs. Meus tios e tias também tinham muitos filhos, de modo que eu estava acostumada com bastante interação social, e desenvolvi o gosto por ter sempre a casa cheia de gente. 

Deus me concedeu o privilégio de criar três filhos – duas meninas e um menino –, bem como o prazer de participar do desenvolvimento e da educação de uma filha adotiva. Eu me envolvi completamente com essas quatro crianças por quase três décadas. Quando estavam na idade do ensino médio, foram para o internato, e mais tarde três deles moraram em casa durante seus estudos universitários. Foi um período difícil – não posso negar –, mas foi extremamente gratificante poder vê-los desenvolvendo-se no âmbito profissional, tomando decisões que moldam a vida e, pouco a pouco, tornando-se adultos independentes.

Ontem, o último partiu! Fui de quarto vazio em quarto vazio, com lágrimas enchendo os olhos, verificando cada detalhe que fora deixado para trás: livros, fotos, CDs, bonecas, bichos de pelúcia, frascos de perfume, coleções de selos, moedas, medalhas. Deus nos deu o prazer de ver nossos quatro filhos casados, e agora estão espalhados pelo mundo.

Muito obrigada, Senhor, porque me deste o prazer da companhia deles. Os dias foram inesquecíveis, cheios de luzes acesas o tempo todo, música alta, ensaios de grupos musicais, jovens e amigos entrando e saindo a qualquer hora! E tudo passou tão rapidamente!
Olho o lado positivo dessa nova realidade e, sem muito esforço, posso encontrá-lo. Agora tenho mais tempo para o pai dos meus filhos, meu companheiro. Porém, mais do que isso, agora posso cuidar dos “negócios de meu Pai” com mais dedicação. Agora estou mais próxima da minha família da igreja. Peço que meu Pai me prepare para o Seu trabalho, que me fortaleça, me dê amor e humildade para com meus irmãos e irmãs, a fim de poder aprender com eles, assim como aprendi com meus filhos.

Minha oração é a oração de Jabez: que Deus amplie meu horizonte familiar e que, em breve, eu faça parte da família celeste, para a qual jamais haverá separação.

(Nair Costa Lessa in Meditação da Mulher)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...