Esaú e Jacó. Predestinados?


A profecia que vamos estudar hoje apresenta alguns aspectos de grande importância para todos nós, mesmo tendo sido anunciada há muito tempo atrás.

O nascimento de um filho é algo que gera alegria, ansiedade, preocupação. Mas a maior ansiedade é causada quando se quer, se deseja um filho e não se pode tê-lo.

Isaque, o filho da promessa de Abraão, tinha quarenta anos quando se casou com Rebeca. Rebeca não podia ter filhos. Como resultado de muita oração ela ficou grávida. E o casal estava certo. Eles estavam usando o meio correto de resolver um problema. A oração é a chave que abre os armazéns do céu. E nós precisamos usar mais essa chave. Muitos diante dos problemas fazem promessas a santos e espíritos; oferecem sacrifícios de animais e até de seres humanos.

Esta, porém, não é a forma indicada pela Bíblia para resolver um problema. Se você está com problemas não precisa pagar nada a ninguém. Onde você está, se puder se ajoelhar, fique ajoelhado; se não puder, não se preocupe. Ore. Converse com Deus, conte o seu problema. Inicie uma luta, junto com Deus, diante da dificuldade que você enfrenta.

A escritora Ellen White define a oração como sendo o “único meio para se obter êxito diante de um conflito” (Atos dos Apóstolos, p. 564). Portanto, não busque outro caminho. A oração é o meio apontado por Deus para resolver o teu problema. Gênesis 25:21 diz que
Isaque orou insistentemente. Aí está o segredo: a perseverança na oração é a chave para obter resposta ao problema.

Isaque devia aprender que o filho da promessa, seria o resultado da manifestação da graça divina. Isaque tinha 40 anos quando se casou com Rebeca (verso 20). O verso 26 – última parte – diz que ele tinha sessenta quando os gêmeos nasceram. Portanto ele orou, pelo menos, 19 anos sobre o problema que o atingia!

Amigo ouvinte, quando você tem um pedido a Deus, por quanto tempo você ora?
Isaque orou 19 anos! Que exemplo para nós que nos queixamos tanto dos problemas. Por isso, se você tem dificuldades com marido, esposa, filhos, trabalho, saúde; eu tenho a solução para os seus problemas: comece a orar!

Mas, vamos a profecia de Gênesis 25:22 e 23: “os filhos lutavam no ventre dela; então, disse: se é assim, por que vivo eu? E consultou ao SENHOR. Respondeu-lhe o SENHOR: duas nações há no teu ventre, dois povos, nascidos de ti, se dividirão: um povo será mais forte que o outro, e o mais velho servirá ao mais moço.”

Esta profecia envolvia dois fetos, que segundo a descrição da mãe, lutavam em seu ventre. Rebeca estava preocupada. Naquele tempo não existiam os recursos da medicina moderna. Então ela questiona o Senhor Deus: “Por que isto está acontecendo comigo?” Este é o tipo de pergunta que fazemos com muita freqüência. “Por que eu?” “Por que só acontece comigo?” Amigo ouvinte, os problemas não são privilégio de uns poucos e nem só dos que estão distantes de Deus. Mesmo os que estão do lado de Deus podem ser atingidos pelas dificuldades.

O significado da profecia. Verso 23: “São dois povos” – A promessa feita a Abraão agora começa a se cumprir. O mais novo, o que nascer por último, será mais forte; o que nascer primeiro será mais fraco. Assim nasceram Esaú e Jacó. Jacó tornou-se o pai da nação de Israel. Ninguém tem dúvidas disso. Esaú, pai dos
edomitas. (Gênesis 36: 31-43).

A história bíblica registra que essas duas nações irmãs foram sempre inimigas. Mas Israel, porém, demonstrou ser o mais forte. Vou citar só um exemplo: Davi – Rei de Israel, subjugou os
edomitas (II Samuel 8:14) e o rei Amazias mais tarde os derrotou (II Reis 14:7).

Diante desta profecia muitos podem questionar: “Então Deus predestinou Jacó para o sucesso e Esaú para o fracasso!” Amigo ouvinte, a Bíblia não apóia a
ideia da predestinação como alguns a defendem. Um para o sucesso e outro para o fracasso. Deus não seria um Deus de amor, como é apresentado em I João 4:8, se de uma forma ditatorial, já determinasse um para o fracasso e outro para o sucesso. Como explicamos isso então? Deus é onisciente e Ele conhece o passado, presente e futuro. Para Ele tudo é conhecido, é sabido, porque Ele é Deus. E como Deus Ele contou à uma mãe aflita o que iria acontecer com seus filhos. Mas jamais Deus marcou um para o fracasso e outro para o sucesso.

Amigo ouvinte, não pense que você, por estar passando eventualmente por alguns problemas, foi predestinado por Deus para ser um perdedor, um fracassado. Você é muito especial para Deus. Ele é amor. Ele te ama. Viva feliz, confiante no Deus que ouviu a oração de um pai aflito e respondeu a pergunta de uma mãe que estava tomada de preocupação. Um Deus que tem você em alta conta e deseja tornar realidade cada um de teus sonhos.

E sempre é bom lembrar também: Creia no Senhor teu Deus e você estará seguro. Creia nos profetas
dEle e você prosperará (II Crônicas 20:20).


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...