Ele cobriu minha nudez

Ele o cobrirá com as Suas penas, e sob as Suas asas você encontrará refúgio; a fidelidade dEle será o seu escudo protetor. Salmo 91:4, NVI

Era outra manhã de terça-feira. Eu tinha uma aula às 8h, e minha filha estava se movendo muito devagar. Fiz apressadamente as tarefas matutinas e gentilmente pressionei minha pequena a correr. Saímos rapidamente de casa às 7h55, despidas – despidas porque não tivemos nosso costumeiro culto familiar naquela manhã; não estávamos cobertas com a Palavra. Meu sobrinho de um ano de idade, que morava na casa ao lado, esticou os bracinhos para que eu o levasse junto, como faço costumeiramente, mas me recusei porque teria que parar para encaixar sua cadeirinha dentro do meu veículo. O tempo voava. Eu precisava andar.
Minha filha e eu descemos a rua. A 200 metros, chegamos ao primeiro cruzamento de nosso curto trajeto. Quando deixei a rua secundária e entrei na preferencial, ouvi de repente um estrondo. Meu carro fora atingido e jogado da pista do lado esquerdo para a faixa de trânsito que vinha em sentido contrário. Foi um rodopio!

Meu carro parou a não mais de 60 centímetros da borda de um barranco. Outros motoristas buzinaram; os passageiros de outros veículos ficaram olhando. Mas alguns poucos bondosos espectadores correram até o local. Examinamos o prejuízo: um farol quebrado, um para-choque amassado, água correndo do radiador – mas nenhum arranhão na minha filha ou em mim. Misericordiosamente, Deus nos cobrira naquela manhã.

Antes que eu começasse a me sentir nervosa, Ele me inspirou a recordar o texto: “Com amor eterno Eu te amei; por isso, com benignidade te atraí” (Jeremias 31:3). Sair de casa despida, não coberta com a Palavra, não é algo visível ao olho humano. Mesmo assim, naquela manhã Deus me cobriu com Sua graça, Seu eterno manto de amor e misericórdia. Ele me proporcionou muitas palavras de conforto.

No texto de hoje, Deus promete que nos cobrirá com Suas penas e, sob Suas asas, podemos ter confiança. Deuteronômio 33:12 diz: “O amado do Senhor habitará seguro com Ele; todo o dia o Senhor o protegerá.” Não mais descoberto.

Querida amiga, toda vez que for tentada a sair de casa ou do escritório despida, faça uma pausa e convide seu Pai celeste a cobri-la. Ele a cobrirá “com as Suas penas, e, sob Suas asas”, você estará segura.

(Debbie Clarke-Grant in Meditação da Mulher)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...