O Momento Mais Grandioso

Levante-se, refulja! Porque chegou a sua luz, e a glória do Senhor raia sobre você. Isaías 60:1

Com o destino incerto da França em 1940, houve uma evacuação em massa das tropas britânicas e aliadas de Dunkirk. Aproximadamente 350 mil forças armadas fugiram para a Inglaterra. Com excesso de soldados e armas, eles fugiram em qualquer coisa que pudesse flutuar.
Os ingleses comemoraram como se tivessem conquistado uma grande vitória. Mas o primeiro-ministro Winston Churchill os levou de volta à realidade. Em 4 de junho ele declarou na Câmara dos Comuns: “Não se vence a guerra batendo em retirada.”


Em seguida, Churchill proferiu um discurso magnífico, que é considerado por alguns o maior discurso dos últimos mil anos: “Não desanimaremos ou fracassaremos. Avançaremos até o fim. Lutaremos na França, lutaremos nos mares e oceanos, lutaremos cada vez com mais convicção e força no ar, defenderemos a nossa ilha, não importa o quanto custe, lutaremos nas praias, lutaremos nas áreas de pouso, lutaremos nos campos e nas ruas, lutaremos nas colinas; jamais nos entregaremos.”

Exatamente duas semanas mais tarde, em 18 de junho de 1940, a Inglaterra se preparava para a invasão pelo ar. Churchill discursou novamente no Parlamento. “Desta batalha depende a sobrevivência da civilização cristã. [...] Toda a fúria e o poder do inimigo em breve se voltarão contra nós. [...] Preparemo-nos, portanto, para o nosso dever, conscientes de que, se o Império Britânico e sua comunidade durarem por mil anos, homens ainda dirão: ‘Esse foi o momento mais grandioso deles.’”

Como seguidores de Jesus Cristo, chegamos ao auge da história. As forças do mal estão se posicionando para a última batalha da Terra. Que tipo de homens e mulheres seremos nós numa época como essa?

“A maior necessidade do mundo é a de homens – homens que se não comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao
polo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus” (Educação, p. 57).

Armados com a graça de Deus, podemos de fato nos levantar e refulgir. “Sobre ti aparece resplendente o Senhor, e a Sua glória se vê sobre ti” (Is 60:2, ARA). Esse será o nosso momento mais grandioso.

(Meditações Diárias / Rede Maranatha)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...