Jesus construiu uma ponte


Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações. Salmo 46:1

Frequentemente admiro a grandiosidade e a força de pontes magníficas. Mas há outras: aquelas que parecem esguias e frágeis demais para suportar seu imenso peso. É então que penso no conhecimento por trás da arquitetura. Não são os construtores que mantêm a estrutura firme: são os projetos criados e desenhados para torná-la possível.


As pontes representam muitas coisas para muitas pessoas. Para o viajante, uma ponte significa atravessar um abismo ou rio, de um lado para o outro. Para o engenheiro, uma ponte é um problema que envolve tensões e estresse. Um artista vê uma ponte como uma expressão do impulso criativo. Também existe mais de um modo de usar uma ponte, pois elas ligam comunidades e nações, encurtam distâncias e incrementam o comércio.

Há três tipos básicos de pontes: a ponte em arco, a ponte 
treliçada e a ponte pênsil. Os aquedutos são pontes para a água. A ponte levadiça se divide, erguendo-se para permitir a passagem de navios, e volta a encaixar-se para permitir a passagem de carros. Uma ponte para pedestres é chamada passarela ou pinguela. Existem pontes cobertas, pontes de dois cantiléveres, pontes móveis. As pontes são feitas com muitos tipos de materiais: alumínio, madeira, pedra, ferro, liga de aço, concreto reforçado – e até trepadeiras e outros materiais naturais.

O que isso tem que ver com Deus?, você pergunta. As pontes me fazem pensar naquilo que Jesus fez por mim. Com três pregos rústicos e duas peças de madeira, Ele construiu uma ponte para alcançarmos o Céu.

Temos sido culpados de pisotear essa Ponte para fazer coisas que queremos fazer, independentemente do plano que Jesus tem para nós? Meu Jesus não é uma ponte coberta que esconde Sua graça e Seu perdão. Ele não é uma ponte movediça que por algum capricho se muda para outro local, se não estiver satisfeito com o meu jeito de me aproximar 
dEle. Ele não é feito de material duro e frio. Ele é a luz, força, bondade e tudo o que é perfeito. São os projetos desenhados no Calvário que me possibilitam permanecer íntegra e firme quando as coisas parecem dar errado. É então que entrego tudo ao meu Pai para que Ele o carregue para o outro lado da ponte que construiu para mim. 

(Vidella McClellan in Meditação da Mulher)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...