O Trabalho de Elisa


E o meu Deus […] há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades. Filipenses 4:19

O que Elisa Queiroz, de 14 anos 
de idade, mais queria na vida era ter amigos. “Querido Deus, por favor, envia-me alguém a quem amar, alguém que se importe comigo”, orou ela.

Deus respondeu à oração de Elisa, mas de modo inesperado. Tudo começou quando sua mãe insistiu para que ela passasse as duas primeiras semanas das férias de verão trabalhando numa creche para crianças com deficiência mental.


Ela embarcou no ônibus escolar e começou a observar as crianças que entravam. Alguém colocou em seus braços o Robertinho, de seis anos de idade. Ele tinha o tamanho de uma criança de dois anos, e não falava. Balbuciava apenas, e sua cabeça pendia incontrolavelmente sobre os ombros.

O ônibus ficou cheio de crianças que agiam de modo estranho. Um menino de cabeça raspada e olhos verdes ficava piscando para ela e dizendo: “Vou me casar com você.”

Carlito, viciado em beijos, correu para Elisa e cobriu-lhe o rosto de beijos. Barcelos passou a manhã inteira seguindo Elisa aonde quer que ela fosse. Havia também a Geni, de 13 anos, mas que agia como se tivesse apenas cinco. Era uma caixinha de perguntas e ficou o tempo todo junto de Elisa. “O que você comeu no café da manhã? Como é seu nome completo? O que está fazendo agora?”

No fim daquele dia, Elisa desejou não ter concordado com sua mãe, mas estava de volta ao ônibus no dia seguinte. Lá estava o Carlito com seus beijos, o menino de olhos verdes com sua proposta de casamento e, mais uma vez, o indefeso Robertinho no seu colo.

Geni sorriu ao vê-la.

– Senti falta de você, Elisa.

De repente, Elisa sentiu-se bem.

– Muito obrigada – disse ela. – Você gostaria de me acompanhar na piscina hoje? – Os olhos de Geni brilharam de alegria.

– Você é minha amiga? – perguntou Geni.

– Lógico que sim – disse Elisa.

– Você me ama? – insistiu Geni.

– Sim, eu amo você – respondeu Elisa, sabendo que dizia a verdade. Deus lhe enviara uma amiga muito interessante.


Escolhendo Amigos

Você conhece alguém com deficiência mental? Talvez Deus queira que essa pessoa seja sua amiga. 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...