Roupas velhas


Conservem-se livres do amor ao dinheiro e contentem-se com o que vocês têm, porque Deus mesmo disse: “Nunca o deixarei, nunca o abandonarei”. Hebreus 13:5

Eu estava tirando do armário minhas roupas bastante usadas, mas bem conservadas, que agora estavam dois números acima do meu tamanho, já que eu havia perdido alguns quilos. Aproximava-se o retiro ministerial de cinco dias, para pastores e esposas, e eu não tinha dinheiro para comprar vestidos novos; portanto, era necessário ajustar as roupas velhas.



Certa de que minha costureira especial poderia fazer o trabalho, telefonei para marcar a hora. Para minha surpresa, ela não poderia fazê-lo. Mas teve a gentileza de ajustar dois dos trajes. Tentei uma segunda pessoa, e depois uma terceira – sem sucesso. Não pude acreditar! Fiquei muito desapontada.

Gritei para mim mesma: Não acredito que meu contentamento com minhas roupas velhas tenha me levado a uma situação como esta!

Calmamente, porém com relutância, decidi procurar o número do telefone de algumas outras costureiras.

Então, como um sussurro, ouvi: “Dyhann, não tenho sempre tomado providências e cuidado de você?” Reconheci a voz. Ela sempre se introduzia nos meus pensamentos quando me encontrava em desesperada necessidade.

Um mês antes do meu casamento, sofri um acidente de carro. Semiconsciente, pedi que Deus enviasse alguém para me levar imediatamente ao hospital. Sem mais delongas, Deus enviou um bom samaritano que me tirou do veículo desfigurado e me levou ao pronto-socorro. Até hoje não encontrei essa pessoa.

Depois, em 2008, fui levada às pressas ao hospital para acidentados. O tipo de atenção do qual eu precisava não estava disponível, e assim sussurrei outra oração: “Senhor, preciso do Dr. Henry.” Mais uma vez, sem um intervalo sequer, Deus mandou o Dr. Henry para me socorrer. Minha vida foi salva.

Minha gratidão a Deus me fez lembrar do texto de hoje. Tive a certeza de que encontraria uma costureira confiável. Algum tempo depois, chegou uma prima do Canadá para uma visita, e ela trouxe a sua máquina de costura! Você diria que me apresentei em grande estilo em cada dia do retiro.

Sou grata a Deus porque Ele cumpre Sua promessa. Fico profundamente tocada pelos milagres que Ele vai desdobrando. Para dizer a verdade, essas bênçãos são novas a cada manhã. 

(Dyhann Buddoo-Fletcher inMeditação da Mulher)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...