Representantes de Cristo

Nós somos testemunhas destes fatos, e bem assim o Espírito Santo, que Deus outorgou aos que Lhe obedecem. Atos 5:32

 Os verdadeiros cristãos serão semelhantes a Cristo. O Redentor revestiu Sua divindade com a humanidade e veio ao nosso mundo – um mundo marcado e degradado pela maldição do pecado, um vale de trevas e aflição – para realizar uma grande obra, como Ele anunciou na sinagoga de Nazaré: "O Espírito do Senhor está sobre Mim, pelo que Me ungiu para evangelizar os pobres" (Lc 4:18). [...]
Todo membro da igreja deve ser um representante do caráter e do espírito de Cristo. Por preceito e exemplo, os elementos essenciais de um cristianismo verdadeiro, saudável e influente devem ser revelados. Cristo deve ser constantemente apresentado como a fonte de vida, misericórdia e amor. [...]

Pela contemplação, somos transformados. Por meio do estudo minucioso e da sincera contemplação do caráter de Cristo, Sua imagem será refletida em nossa vida, e um tom mais elevado será comunicado à espiritualidade da igreja. Se a verdade de Deus não transformar nosso caráter à semelhança de Cristo, todo o professo conhecimento dEle e da verdade é como o metal que soa e o címbalo que retine. [...]

Que todos os que afirmam guardar os mandamentos de Deus olhem bem para essa questão e vejam se não há razões por que eles não têm mais do derramamento do Espírito Santo. Quantos têm enchido o coração com vaidade! Eles se consideram exaltados no favor de Deus, mas negligenciam os necessitados. Fazem ouvidos moucos aos clamores dos oprimidos e proferem palavras ferinas e contundentes aos que necessitam de um tratamento completamente diferente. Assim, eles ofendem diariamente a Deus por sua dureza de coração.

Essas pessoas aflitas têm direito à compaixão e ao interesse de seus semelhantes. Têm o direito de esperar auxílio, conforto e amor semelhante ao de Cristo. Mas não é o que recebem. Todo desprezo dos sofredores de Deus é registrado nos livros do Céu como se fosse demonstrado à própria pessoa de Cristo. Todos os membros da igreja devem examinar minuciosamente o coração e investigar seu procedimento para ver se estão em harmonia com o Espírito e a obra de Jesus. Do contrário, o que poderão declarar quando comparecerem perante o Juiz de toda a Terra? Será que o Senhor poderá dizer-lhes: "Vinde, benditos de Meu Pai! Entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo" (Mt 25:34)? (Review and Herald, 24 de abril de 1913).

-> Texto: Ellen G. White, do devocional 2013 “Perto do Céu”, da Casa Publicadora Brasileira
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...