Esquecido!

Pois sabemos que todas as coisas trabalham juntas para o bem daqueles que amam a Deus. Romanos 8:28









Das viagens de minha infância, a que mais lembro é uma que não fiz. Eu tinha sete anos e a obediência muitas vezes perdia para a insistência. Meus pais conheciam o filho que tinham e decidiram que eu aprenderia uma lição. Afinal, cada vez mais eu enrolava para obedecer quando eles me chamavam para ir embora. 

Estávamos em Matinhos, uma cidade de beira de praia no Paraná. Naquelas férias, meu pai me ensinou a nadar e a fazer incríveis arcos e flechas inofensivos para brincar. 

Tudo ia perfeitamente bem até que numa tarde fomos tomar um delicioso sorvete na praça da cidade. Aproveitando o tempo, devorei duas bolas de sorvete de morango e chocolate e disparei feito foguete para me deliciar no parquinho. Passaram-se vários minutos que, para mim, pareceram segundos. Até vir a ordem que estragaria meus planos: "Filho, vamos para casa, pois já passou muito tempo!"
Fingi não escutar e ainda hoje me arrependo daquilo. Meus sábios pais chamaram outras 350 vezes até se convencerem de que a hora da lição tinha chegado. Eu desci do escorregador gritando feito macaco com voz de garça. E, chegando ao chão, não vi mais ninguém. O incômodo pelo abandono se transformou em desespero e, em segundos, senti o medo da solidão. Os gritos viraram berros e, de repente, eu me vi completamente desprotegido. Em pânico, corri em busca das pessoas mais importantes da minha vida. Foram momentos aterradores da minha infância. 

Finalmente, senti um abraço forte vindo por trás e desatei num choro represado pelo medo. Na verdade, meus pais me observavam o tempo todo até surgirem para me provar o quão perigoso é desprezarmos o carinho de quem tanto nos ama. Nunca mais enrolei. E hoje, 30 anos depois, quando eles me chamam para alguma coisa, sou o primeiro da fila. Lição aprendida! 
Às vezes, Deus age assim com a gente. Sua paciência tem limites quando nossa desobediência nos coloca em risco. A coxa de Jacó foi tocada, a irmã de Moisés ficou leprosa e o profeta Zacarias emudeceu. Não porque Deus seja cruel, mas porque nós duvidamos demais.
Não relute quando ouvir uma ordem do Céu. O Senhor sempre sabe o que é melhor. Se Ele lhe pedir algo, faça sem pensar duas vezes. Jesus estará perto dos seus sonhos e você não se perderá neste dia. A menos que prefira ficar perigosamente sozinho na praça. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...