O Cordeiro e o Leão

“Eis que o Leão da tribo de Judá, a Raiz de Davi, venceu… vi, e ouvi uma voz de muitos… cujo número era de milhões de milhões e milhares de milhares, proclamando… digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riqueza, e força, e honra e glória, e louvor.” Apocalipse 5:5, 11 e 12.












Leão e Cordeiro! Que estranhos nomes e metáforas para Cristo. Mas é a inspiração que assim O apresenta a nós nos versos vizinhos ao que lemos no livro de Apocalipse. Pode um cordeiro agir como um leão, e o leão como um cordeiro? Por mais impossível que isso pareça, em Cristo é possível, pois ambos os perfis revelam duas experiências mui importantes do Seu ministério entre nós.

A figura do Cordeiro representa os sofrimentos de Cristo e Seu sacrifício por nós tão vividamente retratados em Isaías 53: “Como cordeiro foi levado ao matadouro; e, como ovelha muda, perante Seus tosquiadores, Ele não abriu a Sua boca… foi cortado da terra dos viventes; por causa da transgressão do Meu povo foi Ele ferido… Ele verá o fruto do penoso trabalho de Sua alma e ficará satisfeito.” Versos 7, 8 e 11.


Mas, a figura do leão representa a conquista de Jesus mediante Seu sofrimento e oferta. O sacrifício sem a conquista seria um martírio sem resultado. Mas Ele venceu, conquistou! Por isso não devemos chorar, nem ficar desanimados. O Leão da Tribo de Judá venceu na cruz e assim pode nos ajudar em nossos problemas e perplexidades.

Necessitamos tanto de um Cristo cordeiro como de um Cristo leão! Quando Cristo Se sacrificou como “o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”, não foi um homem apenas que morreu. Foi Deus, Ele mesmo! Assim Seu sacrifício tem um mérito infinito. No Apocalipse Jesus é apresentado nada menos que 29 vezes como o Cordeiro.

Mas também necessitamos pensar que este Cordeiro venceu e Se tornou como a figura do Leão, que era o símbolo da tribo de Judá e considerado o rei dos animais por sua coragem, valor e conquista. Jesus tornou-Se na cruz o Invencível Conquistador e também O é nos nossos dias cheios de calamidades e desânimo. Cristo continua vencendo e vencerá no teu e no meu coração se o quisermos.

Que a nossa oração seja: “Senhor, ajuda-me a viver vitoriosamente andando contigo agora. Graças por Teu sacrifício e conquista em meu favor!”
 Texto: Autoria desconhecida
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...