Rio da Lenda

Eu sou a ressurreição e a vida. João 11:25

Ele é tão imenso em largura que um enorme navio pode estar dentro dele sem avistar nenhuma de suas margens. Próximo ao Atlântico, chega a incríveis 290 quilômetros de um lado ao outro. Suas águas doces atraíram navegadores que acreditaram flutuar em pleno oceano. Apresento a você o rio mais famoso, tanto da Argentina como do Uruguai: o Rio da Prata.

Chamado assim, qualquer um arregalaria os olhos em busca de tesouros e fortuna, não é mesmo? Foi exatamente o que aconteceu. Por volta dos anos 1500, os exploradores europeus entraram por suas correntezas barrentas à procura da misteriosa Sierra de Plata. Consegue imaginar um lugar cuja promessa interminável de ouro, prata e pedras preciosas enlouqueceria qualquer pessoa? Essa era a miragem que alimentava a lenda desse esconderijo de riquezas. Mas tudo não passava de um boato. Inúmeras embarcações naufragaram no Rio da Prata perseguindo, em vão, essa ilusão traiçoeira. Muitos caíram em uma armadilha que anunciava algo incrível, mas trazia apenas frustração. Sonhou­-se de tudo, mas nada foi realizado. Hoje, esse nome cintilante é pura ficção.

Os discípulos de Jesus também alimentaram um sonho enganoso. Em vários momentos, a Bíblia revela os ideais equivocados deles. Uns queriam que o Mestre se tornasse rei da Judeia. Outros faziam planos com o dinheiro que ganhariam com Ele. Alguns pensavam em ter um trono ao Seu lado. Quanta imaginação e quão pouca conexão com a realidade! Eles entenderam tudo errado. Tiveram dificuldade para compreender as palavras de Cristo quando Ele disse: “Tome sua cruz e venha atrás de mim!”

Cruz? Só essa palavra era horrível! Não foi fácil para eles entenderem a morte de Cristo. Judas acabou se matando por não querer aceitar a aparente derrota. Mas Jesus morreu, ressuscitou e abriu as portas da eternidade para todos nós.


Não desperdice essa fase importante de sua vida correndo atrás de sonhos enganosos. Seu maior tesouro é a salvação que Jesus lhe oferece. Esse tesouro é concedido a você de graça. Mas custou a vida do Filho de Deus. Que tal recebê-lo? 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...