A Casa 263

Lembre-se do seu Criador enquanto você ainda é jovem. Eclesiastes 12:1

Talvez uma das viagens mais tristes da minha vida tenha sido a que fiz para conhecer uma simples casa. Ela tem paredes escuras que parecem ecoar os tenebrosos momentos pelos quais passou. A estátua negra de uma criança chorando na calçada assinala a melancolia do lugar. Você paga para entrar nela, mas pagaria muito mais para que ela nunca tivesse existido. Ao sair de lá, o silêncio domina todos os viajantes – que pensam pesarosamente nas atrocidades deste mundo.

Numa das charmosas ruas da “cidade aquática” de Amsterdã, na Holanda, fica a conhecida casa de Anne Frank – na Rua Prinsengracht, 263. Ali viveu uma garota que conseguiu impressionar o mundo por décadas, apesar de morrer tão cedo. Durante a Segunda Guerra Mundial, enquanto as demoníacas forças nazistas massacravam os judeus, Anne e sua família se esconderam no sótão daquela casa por mais de dois anos. Uma estante de livros falsa era a porta secreta de um cubículo minúsculo que serviu de refúgio a oito pessoas.


Foi naquele apertadíssimo quarto que uma garota de 13 anos escreveu o diário mais famoso do mundo, que tem como título seu próprio nome. Anne Frank viveu trancada naquele esconderijo secreto até ser descoberta pelos soldados alemães e ser separada da família. Eles foram enviados para campos de concentração. Sozinha, meses depois, ela morreu de tifo. O único sobrevivente foi seu pai que, após encontrar o diário tão precioso, decidiu publicá-lo em mais de 60 países. Atualmente, um milhão de pessoas visitam anualmente aquela pequena casa e todas podem ver o diário original, protegido numa caixa de vidro blindado.

Você já parou para pensar no privilégio chamado liberdade? Ser livre parece algo comum, até que percamos essa liberdade. Afinal, nem você, nem eu sabemos o que é ficar trancado num quartinho para tentar salvar vida, certo? Por que não agradecer a Deus a liberdade que temos? Aproveite sua idade para conhecer pessoas legais, valorizar a companhia de seus pais, viver na presença de Jesus. Que tal fazer da sua vida um diário de gratidão a Deus? Não desperdice o tempo, muito menos a chance de convidar Cristo para reinar em sua história. Viva todo dia como se fosse o último, pondo Jesus sempre em primeiro lugar. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...