Agulha no Palheiro

Eu pedi a ajuda do Senhor, e Ele me respondeu. Salmo 34:4









Sabe a expressão popular que diz: "Difícil como encontrar agulha no palheiro"? Certas coisas são tão improváveis que achar uma agulha num monte de palha parece mais fácil. Comigo, numa viagem, foi assim. 

Desbravávamos a pequenina ilha de Saint Thomas, que parece flutuar perdida entre outras centenas do Mar do Caribe. A milhares de quilômetros de distância de casa, a saudade aumentava ainda mais a solidão. Eu e minha aventureira esposa desembarcamos para conhecer uma cultura para lá de diferente da nossa. Afinal, a ilha foi comprada pelos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial para que ninguém construísse uma ameaçadora base militar ali. 

Os hábitos diferentes do povo, o idioma nativo, a desconfiança de alguns e a desesperada vontade dos motoristas de ganhar dinheiro com os turistas, tudo contribuía para nos sentirmos mais perdidos. Pagamos 40 dólares para o passeio a uma praia tão secreta quanto paradisíaca e marcamos o retorno para as 15 horas. 

O problema foi que, no horário exato, nós estávamos lá, mas nossa carona não! 

Esperamos tanto que ficamos preocupados. Como voltaríamos para o navio? E se nos esquecessem na ilha e acabássemos virando "sopa" de piratas? Exageros à parte, oramos por uma solução. A resposta veio rápida na forma de uma Kombi colorida com o motorista mais simpático do dia. "Vão para o porto?" Nem perguntei o preço e pulamos para dentro do veículo. 

Aquele senhor parecia diferente dos outros 40 mil habitantes da ilha. Dirigia com tranquilidade, dava passagem para os outros, o painel do carro estava todo arrumado, e o rádio transmitia o que parecia uma pregação. Os 30 minutos voaram e, ao chegar, tive que perguntar com gestos e meu inglês sofrível: "Ei, por acaso você é cristão?" Seu rosto iluminou, ele apontou para o Céu e respondeu: "Sim, sou um adventista que aguarda a volta de Jesus!" Meu coração galopou, abri os braços num amplo abraço e tirei a melhor foto do dia. Tínhamos achado nossa agulha no palheiro! 

Sabe por que existe a igreja? Para nunca nos sentirmos deslocados neste mundão tão diferente. Existe muita gente esperando reencontrar o mesmo Deus nas nuvens dos céus. Assim como Elias descobriu outros sete mil que não se curvaram a Baal, aproveite este dia para se surpreender com outras incríveis "coincidências" divinas. 
Quem sabe você até seja a agulha que alguém espera encontrar no palheiro. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...