O Mundo dos Hashis

Ó Senhor, meu Deus, em Ti ponho a minha esperança. Salmo 71:5 

"Salve o planeta com palitinhos!" Essa frase bem que poderia mobilizar uma campanha ecologicamente correta encabeçada por quem tem olhos um pouco mais puxados. Falo de um hábito começado há 3.500 anos na dinastia Shang e que da China se espalhou pelo Vietnã, Coreia, Japão, Tailândia e Indonésia. Ou seja, guarde os talheres no bolso porque lá o povo come muito bem segurando só dois palitos de madeira. 

Comer de
hashi – como são chamados os famosos palitinhos que substituem o garfo – é um costume muito diferente do nosso. Para bilhões de orientais é tão comum pegar a comida com varetinhas semelhantes a pinças de caranguejo como para nós é usar a colher. Obviamente, quem não desenvolveu essa habilidade tem que lutar com a própria impaciência, como eu, que um dia quase comi com as mãos de tanta fome e falta de jeito! Quer um conselho? Quando for para aqueles lados do mundo, leve um garfinho de plástico. Poderá ser útil.

Quer mais curiosidades dos
hashis? No Japão, ninguém cruza os dois palitinhos na mesa porque simboliza a morte. No Vietnã, também não se pode deixá-los em forma de "V", pois significa má sorte. Os chineses nunca remendam um palitinho quebrado porque é falta de educação e jamais usam o hashi para espetar a comida – só para segurá-la. O mais curioso? A cada ano são usados 45 bilhões de pares de palitinhos na China e são derrubadas mais de 25 milhões de árvores para fabricar seus "talheres pontudos de madeira". Por isso, há uma campanha para fazê-los de metal ou de plástico, tornando-os reutilizáveis, o que não danificaria tantas florestas por aí.

Percebe como pequenas atitudes assim podem preservar a natureza que Deus criou com tanto carinho? Não desperdiçar copos e papeis é outra maneira de proteger o meio ambiente. Sem contar que, hoje em dia, sempre existe uma lixeira de coleta seletiva por perto. Reciclar o lixo também é uma forma de mostrar que você é um cristão que cuida da criação divina.
Somos responsáveis pelas belezas que vieram desde o Éden. Vamos aproveitar este dia para nos lembrar dos
hashis e fazer nossa parte como filhos responsáveis do Pai do Céu? Cuidar do planeta também é uma forma de testemunhar em favor da esperança que temos de viver com Jesus num mundo bem melhor e mais preservado. Então, vamos agir? 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...