Embora eu…

Embora eu aperte meus ouvidos e reclame quando o despertador soa, obrigado Senhor, pois eu posso ouvir. Há muitos que são surdos.

Embora eu mantenha meus olhos fechados contra a luz matutina, obrigado Senhor, pois eu posso ver. Muitos são cegos.

Embora me seja difícil levantar da cama de manhã, obrigado Senhor, pois eu tenho a força para me levantar. Há muitos que estão acamados.

Embora a primeira hora de meu dia seja sempre apressada, quando as meias estão perdidas, o leite é derramado, a paciência é pequena e minhas crianças falam tão alto, obrigado Senhor, pela minha família. Há muitos que estão sós.


Embora nossa mesa de café da manhã nunca se pareça com os anúncios em revistas e o cardápio está às vezes desequilibrado, obrigado Senhor, pela comida que temos. Há muitos que têm fome.

Embora a rotina de meu trabalho seja freqüentemente monótona, obrigado Senhor, pela oportunidade de trabalhar. Há muitos que não têm nenhum trabalho.

Embora eu murmure e lamente meu destino a cada dia e deseje que minhas circunstâncias não sejam tão modestas, obrigado Senhor, pela vida!

(Autoria desconhecida via Amilton Menezes)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...