Garanta o seu futuro

Não se trata de mau agouro. Não se trata de pessimismo. Não se trata de fanatismo religioso. Nem tão pouco de uma crise de apocalipse. Antes é uma palavra pensada, refletida, estudada e séria. Baseia-se na justiça. 


Baseia-se na história. Baseia-se na experiência. Baseia-se na revelação.

Tudo se resume numa frase muito simples: “Os pecadores não têm futuro; eles são como uma luz que está se apagando” (Provérbios 24:20, BLH).

Você precisa acreditar que é isso mesmo: o pecador não arrependido não tem futuro. Ele é “como a palha que o vento dispersa” (Salmo 1:4). O fim deles é amargo, é frustrante, é horrível, é trágico e, além de tudo, é definitivo e irreversível.


Pare um pouco. Revolva o seu passado. Pese todos os acontecimentos. Desça fundo. Consulte a consciência. Veja se a liberdade de viver não sob regras tem na verdade compensado. Não se deixe levar apenas pelo prazer do pecado ou pelo gozo da carne. Considere também o preço de cada sensação pecaminosa.

Você tem outra opção. Enquanto os pecadores “são como uma luz que está se apagando”, o caminho oposto é “como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito” (Provérbios 4:18). Transfira-se para o outro lado. Via arrependimento, via conversão, via comprometimento com a luz.

Apresente-se diante de Deus como uma pessoa falida, extremamente necessitada da graça, humilde, suplicante e, ao mesmo tempo, cheia de fé. Preze o seu futuro. Ele é muito maior do que você pensa. O futuro que você não pode jogar fora não se limita apenas a esta vida. Ele atravessa a barreira da morte física, livra-se do tempo e penetra na eternidade. Um futuro deste tamanho, por misericórdia, você precisa respeitar. Garanta hoje o seu futuro!

(Em letras grandes, Ultimato)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...