Iluminação divina prometida ao leitor da Bíblia


A Palavra de Deus, como o caráter de seu Autor divino, apresenta mistérios que jamais poderão ser plenamente compreendidos por seres finitos. Dirige nosso espírito ao Criador, que “habita na luz inacessível”. 1 Timóteo 6:16. Apresenta-nos Seus propósitos que abrangem todos os séculos da história humana e alcançam seu cumprimento na eternidade. Chama nossa atenção para assuntos de infinita profundidade e importância, relacionados com o governo de Deus e o destino da humanidade. A entrada do pecado no mundo, a encarnação de Cristo, a regeneração, a ressurreição e muitos outros assuntos apresentados na Bíblia são mistérios demasiado profundos para a mente humana poder explicar, ou mesmo compreender plenamente.

Mas Deus nos deu nas Escrituras evidência suficiente quanto ao seu caráter divino, e não devemos duvidar de Sua Palavra por não compreendermos todos os mistérios de Sua providência. [...]

Se fosse possível aos seres criados alcançarem plena compreensão de Deus e Suas obras, então, tendo alcançado esse ponto, não haveria para eles novas descobertas de verdade, nem crescimento em sabedoria, nem outro desenvolvimento do espírito e do coração. Deus não mais seria supremo; e os homens, tendo atingido os limites do conhecimento e das realizações, deixariam de avançar. Demos graças a Deus por assim não ser. Deus é infinito; 
nEle “estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência”. Colossences 2:3. E por toda a eternidade os homens poderão pesquisar sempre, sempre aprendendo, e no entanto jamais esgotarão os tesouros de Sua sabedoria, Sua bondade e Seu poder. [...]

Sem a guia do Espírito Santo estaremos continuamente sujeitos a torcer as Escrituras ou a interpretá-las erradamente. Há muita leitura da Bíblia que é sem proveito, e em muitos casos positivo mal. Quando a Palavra de Deus é aberta sem reverência e sem oração; quando os pensamentos e afeições não se fixam em Deus ou não estão em harmonia com a Sua vontade, o espírito se envolve em dúvida: e no próprio estudo da Bíblia se fortalece o ceticismo. O inimigo toma conta dos pensamentos, e sugere interpretações incorretas. — 
Testimonies for the Church 5:699, 703-705.
Pontanto, para que a sua leitura da Bíblia seja proveitosa, antes de abrir a Palavra de Deus, eleve uma oração suplicando que o Espírito Santo esteja lhe dando sabedoria para compreendê-la. Esteja disposto a ouvir o que Deus tem para falar a você e, também, esteja disposto a colocar sua vida em conformidade com os ensinamentos bíblicos. Infelizmente muitas pessoas procuram conformar os ensinamentos bíblicos a sua vida e não a sua vida aos ensinamentos bíblicos, ou seja, leem a Bíblia tentando encontrar nela razões que justifiquem os seus comportamentos. Ao passo que, o correto é estudarmos a Bíblia procurando saber qual é a vontade de Deus para as nossas vidas e quais comportamentos devemos mudar para que estejamos em conformidade com a santa vontade de Deus.
Veja o que encontramos em Tiago 1:22-25 "Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos.
Aquele que ouve a palavra, mas não a põe em prática, é semelhante a um homem que olha a sua face num espelho
e, depois de olhar para si mesmo, sai e logo esquece a sua aparência.
Mas o homem que observa atentamente a lei perfeita que traz a liberdade, e persevera na prática dessa lei, não esquecendo o que ouviu mas praticando-o, será feliz naquilo que fizer"
(Tiago 1:22-25).

Que você possa colocar em prática os ensinamentos bíblicos e ser feliz em tudo que fizer!

Um abraço
(Adriana Vaz)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...