Meu marido



O teu Criador é o teu marido; o Senhor dos Exércitos é o Seu nome; e o Santo de Israel é o teu Redentor; Ele é chamado o Deus de toda a Terra. Isaías 54:5

Eu tinha 20 e poucos anos e era uma cristã relativamente nova. Após um relacionamento um tanto desfavorável com um rapaz, tive o desejo de fazer amizade com homens e mulheres cristãos do mundo todo. Não estava, sinceramente, procurando outro namorado, mas achei que seria uma inspiração e auxílio na minha jornada com o Senhor se eu entrasse em contato com outras pessoas que pensassem de modo parecido. Assim, encontrei o anúncio de um catálogo que supostamente ajudava as pessoas a encontrar “contatosem âmbito mundial”. Isso me pareceu bom, e mandei uma foto minha com uma nota dizendo: “Estou à procura de contatos com cristãos do mundo inteiro” – sem me dar conta de que, na verdade, era um catálogo para pessoas que procuravam um cônjuge. Durante os meses seguintes, recebi cartas de homens de todas as idades, do mundo todo, não necessariamente cristãos, que queriam casar-se comigo! Isso realmente me desgostou. A certa altura, eu não queria mais nem abrir aqueles envelopes, sabendo que seria mais uma proposta de casamento.

Mas o que dizer do convite de casamento feito pelo Senhor? Teria eu realmente estendido a Ele o convite para que assumisse o controle completo da minha vida? Quantas vezes endureci o coração à Sua voz, mesmo depois de ter me convertido! Ainda assim, Ele verdadeiramente desejava ter esse relacionamento chegado, íntimo comigo, que se assemelha à relação terrestre de marido e esposa.
Foi somente após outro relacionamento desfavorável que decidi entregar plenamente minha vida a Deus e ser batizada. Desde então – e isso aconteceu há mais de uma década –, continuo solteira. Durante esse tempo, o Senhor me ensinou muitas lições valiosas. Com efeito, agora sou casada com Jesus Cristo; porém, não descarto a ideia de casar-me com um esposo terrestre algum dia. Sem dúvida, o Senhor incutiu em nós o desejo de unir-nos em matrimônio aqui na Terra, e muitas vezes Lhe perguntei por que Ele ainda não me apresentou a minha “outra metade”. Mesmo assim, tenho sido verdadeiramente abençoada neste estado “incompleto”, que tem sido completado por Ele.

Ele nunca falhará comigo, e sabe exatamente o que é melhor para mim, e quando.

(Daniela Weichhold in Meditação da Mulher)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...