Um Homem com uma Missão

Porém, intentavam fazer-me mal. Enviei-lhes mensageiros a dizer: “Estou fazendo grande obra, de modo que não poderei descer; por que cessaria a obra, enquanto eu a deixasse e fosse ter convosco?” Neemias 6:2, 3, ARA
Ele cavalga à noite por entre as ruínas. Silenciosamente percorre a cidade, passa por escombros, muros despedaçados, portões destruídos. À medida que cavalga, faz uma profunda reflexão. O período da noite é um bom momento para avaliar a situação, pesar as possibilidades. Ele começa a ver com clareza o que deve ser feito e sua função nessa obra, se quiser vê-la concluída.

O cavaleiro é
Neemias, um homem com uma missão, e um dos meus personagens bíblicos prediletos. Ele
abriu mão da posição de conforto e honra no palácio do rei persa Artaxerxes para tentar ajudar o seu povo, o remanescente que retornou a Israel. A situação é deplorável: os muros de Jerusalém estão destruídos, os portões queimados, o povo desanimado.
 O plano de Neemias: reconstruir Jerusalém. Não será fácil. Há poucas pessoas disponíveis. Os habitantes das terras vizinhas se opõem ao projeto. Alguns dos próprios judeus contraíram matrimônio com as pessoas das terras vizinhas e se aliaram a elas.

Neemias, porém, é um homem de oração. Seu livro está entrelaçado com orações. Ele registra as petições silenciosas que fez a Deus ao se deparar com decisões cruciais. Ele também é um homem de muita fé. “O Deus do Céu é que nos fará prosperar”, foi a resposta que deu aos que se opuseram ao projeto de reconstrução (Ne 2:20). De sua vida de oração e fé nasceu uma visão. Neemias viu com muita clareza o que precisava ser feito e não perdeu tempo em colocar a “mão na massa”. Animou o povo a trabalhar – sacerdotes, artesãos, mercadores. Todos ajudaram (o capítulo 3 apresenta a lista de nomes).

Os inimigos não gostaram da iniciativa. Começaram a zombar e a ridicularizar: “Ainda que edifiquem, vindo uma raposa derrubará o seu muro de pedra” (
Ne 4:3). Por meio dos simpatizantes que haviam conquistado entre os judeus, os inimigos disseminaram dúvidas e rumores. Planejaram atacar; Neemias designou guardas para proteger os lugares vulneráveis.

Tentaram intimidar
Neemias. “Vem, encontremo-nos”, disseram (Ne 6:2). Mas Neemias respondeu: “Estou fazendo uma grande obra, de modo que não poderei descer” (v. 3).

Que homem! Um homem com uma missão! Indesviável de seu dever. Seu exemplo ainda é válido para homens e mulheres de Deus hoje.

(Meditações Diárias)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...