Tempestade no Mar


A única razão por que não fomos completamente destruídos é a misericórdia do Senhor. A fidelidade de Deus é grande. Lamentações 3:22, 23

Era sábado de manhã no navio Spree. O evangelista Dwight L. Moody e seu filho repousavam na cabine, como a maioria dos outros passageiros. De repente, ouviram o estrondo de algo que se espatifava. O filho saltou da cama e correu para o convés. Dentro de minutos retornou.

– Papai, a situação é séria – disse ele. – O eixo da hélice do navio quebrou e a embarcação está afundando. É melhor o senhor vestir-se e vir para o convés.


Dwight permaneceu em silêncio, junto com os outros 700 passageiros, sentindo-se impotente enquanto a água continuava a inundar o navio. Por volta do meio-dia, os marinheiros tinham conseguido impedir que a água continuasse entrando, mas a proa já estava alta no ar, enquanto a popa afundava dentro da água. O Oceano Atlântico estava agitado, jogando o navio de um lado para outro.

Ainda flutuavam quando o sol se pôs.
Dwight observou enquanto eram lançados foguetes sinalizadores dentro da noite escura. Nenhum navio lhes respondeu às mensagens de socorro. Durante a noite toda o navio ficou à deriva. Nenhuma ajuda chegou no domingo.Naquela noite, Dwight convidou os passageiros para uma reunião de oração. Leu o Salmo 91 e orou, reivindicando a promessa do verso 11: “Porque aos Seus anjos dará ordens a teu respeito, para que te guardem em todos os teus caminhos.” Leu também o Salmo 107:20-23, que diz: “Enviou-lhes a Sua palavra […] e os livrou do que lhes era mortal […] os que, tomando navios, descem aos mares, os que fazem tráfico na imensidade das águas.”

– Isso está mesmo na Bíblia? – perguntou um passageiro alemão. – Parece que foi escrito para a experiência que estamos vivendo.

– E foi mesmo. Venha ver com seus olhos – disse
Dwight.Depois da reunião de oração, Dwight foi para a cama e dormiu em paz, com a certeza de que Deus cumpriria Suas promessas e os livraria.

Por volta das três horas da madrugada de segunda-feira, seu filho o despertou.– Venha para o convés, papai! Um navio nos localizou e está a caminho para nos resgatar.
O vapor
Lake Huron prendeu cabos ao navio que afundava e o rebocou até Queenstown. Todos a bordo se salvaram.


Sendo Amigos

Os amigos podem falhar e nos decepcionar.
Jesus é um amigo digno de confiança para sempre, um amigo que cumpre Suas promessas.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...