A Inimizade


Agora é o momento de perdoá-lo. 2 Coríntios 2:7 

Barros e Vitória começaram como bons amigos, mas algo aconteceu que o colocou contra ela. Ele aproveitava todas as oportunidades para incomodá-la, e ela pagava com a mesma moeda.

Então chegou o dia do concurso de música. Vitória estava tocando um solo de clarinete, um número difícil que ela havia ensaiado por mais de quatro meses. Ao entrar no palco para executar sua peça, viu Barros sentado na primeira fila. Ele fez uma careta para ela.


Vitória tentou ignorá-lo, mas ele continuou, tentando distraí-la durante a execução toda. Os dedos dela tremiam sobre o instrumento e ficava difícil manter os lábios firmes na boquilha, porque Vitória tinha vontade de chorar. As lágrimas lhe anuviavam a visão quando ela saiu do palco.

– Ele fez isso a propósito! – disseram os amigos de Vitória, enquanto a cumprimentavam nos bastidores. – Ele tentou fazer com que você errasse. Mas espere só até que ele tenha de tocar a música dele. Vamos mostrar-lhe como se faz!

– Dois erros não fazem um acerto – respondeu Vitória. – Esqueçam.

Depois daquilo, Vitória recusou-se a conversar com Barros. Os olhos dela simplesmente disparavam dardos quando passava por ele. A inimizade durou o ano todo. A amargura corroía Vitória por dentro, até que ela não pôde mais suportar a situação. Procurou seu professor de música.

– A inimizade de vocês me incomoda muito – disse o professor. – Já conversei com Barros. Ele se sente mal com isso, mas não consegue reunir coragem para se aproximar de você. Alguém precisa dar o primeiro passo. Por que você não tenta?

Vitória arranjou um encontro com Barros na sala do professor.

– Desculpe, Barros, por todas as coisas feias que tenho dito a seu respeito neste ano – começou Vitória. – Por favor, me perdoe. Quero que saiba que já o perdoei por tudo o que disse de mim. Um ano é muito tempo para uma inimizade, não acha?

Barros virou-se por um momento. Quando olhou de volta para ela, estava sorrindo.

– Sim – disse ele. – Eu também peço desculpas. Estou pronto para sermos amigos.


Escolhendo Amigos

Às vezes, um simples pedido de desculpas é suficiente para mudar o rumo de um relacionamento. Alguém precisa dar o primeiro passo. 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...