Lavanderia Graça


Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras [no sangue do Cordeiro], para que lhes assista o direito à árvore da vida, e entrem na cidade pelas portas. Apocalipse 22:14

A Lavanderia Graça está instalada ao lado 
do mercado Giant Food, em Chillum, Maryland, na Eastern Avenue, que vem de Washington, DC. Uma placa do lado de fora da porta, na calçada, diz: “Graça – Nosso propósito é dar-lhe uma boa aparência. Todo trabalho é feito no local. Lavagem a seco. Lavanderia. Reformas.”

As pessoas nem sempre precisaram de roupa lavada a seco ou reformada; na verdade, nem sempre precisaram de roupa. Em certo sentido, nossos primeiros pais, Adão e Eva, se vestiam apenas com inocência. O pecado substituiu sua inocência com sentimentos de vergonha. Depois disso, eles viram que estavam nus. Deus matou um dos animais a quem Adão tinha dado nome e, com sua pele, fez trajes para Adão e Eva. Ali jazia o corpo de um animal inocente que, eles sabiam, sacrificara a vida para que eles tivessem boa aparência outra vez.


Durante milênios, as pessoas sacrificaram animais como ofertas pelo pecado, para fazer roupas, para alimento, proteção e esporte. Cada animal sacrificado insensibiliza um pouco mais o choque de matar. Deus precisou escrever os Dez Mandamentos porque as pessoas se haviam esquecido dos elementos básicos de como ser bom. Em pouco tempo, as ofertas pelo pecado se tornaram rotina; os animais se tornaram meros bens móveis.

Então, Jesus veio ao mundo.

Jesus conviveu com pessoas. Jesus viveu uma vida inocente de pecado. Sua inocência chocava, incomodava e enraivecia as pessoas. Quem deseja viver perto de alguém que faz você se sentir sujo e vil, enquanto você está querendo impressionar? Depois, Jesus foi crucificado; morreu como sacrifício para fazer com que as pessoas tivessem boa aparência de novo. Três dias depois, Jesus voltou à vida, visitou Seus amigos e retornou ao Céu para estar com o Pai.

Qualquer pessoa que deseje causar boa impressão, sentir-se bem, ser boa, pode pedir isso diretamente a Jesus, através da oração. Eu gosto da Lavanderia Graça! É um lembrete de que a graça é um grande favor. A graça de Deus veste você com a inocência imaculadamente limpa e sem rugas de Jesus, fazendo com que ela lhe sirva perfeitamente, dando-lhe a melhor das aparências. 

(Carol June Hooker in Meditação da Mulher)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...