A Força de Mohandas


Por isso, também me esforço por ter sempre consciência pura diante de Deus e dos homens. Atos 24:16

Certo dia, em sua escola indiana, Mohandas 
Gandhi e um amigo conversavam acerca do povo que governava a Índia na época.

– Por que você acha que os ingleses estão aqui para governar-nos? – perguntou Mohandas.

– Por que são mais fortes do que nós – respondeu o amigo.

– O que os torna mais fortes? – quis saber Mohandas.


– A carne – respondeu o amigo. – Os ingleses comem carne, e os hindus são vegetarianos.

– Mas você é forte e é um hindu.

O amigo riu.

– Não diga nada a ninguém, mas como carne secretamente. Vá até a minha casa qualquer dia, e vou lhe dar um pouco de carne. Então você também ficará forte!

Mohandas pensou: “Talvez ele tenha razão. Ele é alto, forte e um fantástico corredor. Eu sou baixo, magrinho e não consigo correr bem.

Talvez ele tenha encontrado o segredo da força.”

– Vou lá amanhã – concordou Mohandas. – Vou aceitar um pouco de carne. Quero ver se ela me deixa forte.

Na tarde seguinte, depois da aula, os dois amigos foram a um lugar calmo junto às margens do rio. O amigo desenrolou um pacotinho entre seu material escolar e ali estavam dois pedaços de carne de carneiro temperados. Mohandas observou seu amigo, que mordeu um pedaço e o mastigou com prazer.

– Vamos, seu bobo! – riu o amigo. – Está querendo continuar fraquinho a vida toda?

Mohandas deu uma mordida e começou a mastigar a porção rapidamente. Não gostou do sabor, mas esforçou-se para engoli-lo, imaginando o tempo todo quão forte se tornaria.

Naquela noite, sentiu como se o animal lhe estivesse chutando o estômago, impedindo-o de dormir. Sua consciência também o importunava.

Antes do amanhecer, Mohandas decidiu: “Nunca mais. Se algum dia deveremos vencer os ingleses, terá de ser de outra maneira, porque minha consciência não me permitirá matar ou comer carne.”

Mohandas Gandhi cresceu e tornou-se Mahatma Gandhi, o grande mestre da não violência e líder de um movimento que trouxe à Índia a libertação do domínio inglês. Sua força adveio de ter seguido a própria consciência.


Escolhendo Amigos

Precisamos avaliar as sugestões de nossos amigos à luz daquilo que nossa consciência diz ser o correto. 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...