A Proposta de Crawford


Não se juntem com descrentes para trabalharem com eles. 2 Coríntios 6:14

Lottie Moon, missionária na 
China, foi para o seu quarto a fim de ficar sozinha e reler a carta de Crawford. Uma felicidade emocionada lhe enchia o coração, enquanto lia: “Eu a amo, Lottie. Volte para sua pátria. Case-se comigo, e poderemos ir juntos para o Japão como missionários.”

Lottie e Crawford eram amigos desde que ela fora aluna dele na faculdade. Ele admirava a nobreza dela e sua facilidade para aprender idiomas. Incentivou-a a estudar grego. Os dois se correspondiam desde que ela havia chegado à China.


“Vou, sim”, pensou Lottie. “Eu o amo muito. Querido Senhor, sou Tua em primeiro lugar. Se isso não for de Tua vontade, ajuda-me a saber.”

Foram feitos os planos para o casamento na primavera. Lottie avisou à mesa administrativa da Missão que estaria deixando a China. Já estava até planejando seu trabalho na Universidade de Harvard, onde Crawford era professor. No tempo oportuno, os dois iriam para o Japão.

Havia um problema só, e ele insistia em intrometer-se nos planos de casamento de Lottie. Crawford não acreditava na inspiração da Bíblia. Ria-se da ideia de que Deus havia criado o mundo em seis dias, e de que a Terra tinha apenas poucos milhares de anos de existência. Cria na teoria da evolução, que ensina que a vida na Terra evoluiu durante milhões de anos e que os seres humanos vieram de antepassados simiescos.

“Como posso viver o resto da minha vida com alguém que crê de modo diferente?”, pensava Lottie. “Sei que ele não sente a mesma vontade que eu, de trabalhar no campo missionário. Isso não poderia ser um problema nos anos futuros? Acabarei quebrando meu concerto com Deus a fim de manter meu voto matrimonial com Crawford?”

Depois de muita oração e luta, Lottie rompeu o noivado. Anos mais tarde, alguém lhe perguntou se ela se arrependia daquela decisão. Disse Lottie:

– Deus é o primeiro a ter direito sobre a minha vida. Já que os dois entravam em conflito, não podia haver dúvida quanto ao resultado.


Escolhendo Amigos

“A menos que desejes ter um lar de onde nunca se levantam as sombras, não te unas com um homem que é inimigo de Deus” (Mensagens aos Jovens, p. 440). 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...