Chamado Para Servir


Eu Te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Digo isso com convicção. Salmo 139:14

Faltavam poucos dias para Dan
Timon completar seu aniversário de 49 anos quando faleceu de câncer. Ao longo de um ano de lutas perdidas para a doença, ele decidiu se submeter completamente à vontade de Deus. Estaria feliz se continuasse vivendo e feliz se tivesse que morrer, caso fosse esse o plano de Deus. Dan era muito quieto, mas gostava de operar o sistema de som para que os músicos, os pregadores e a congregação recebessem a bênção em sua plenitude. No funeral, centenas de pessoas de diferentes origens se reuniram para homenagear a vida desse despretensioso seguidor de Jesus. Elas ouviram as palavras de uma carta emocionante que Dan endereçou aos familiares e amigos:


“Nos últimos anos aprendi que a alegria eterna ocorre no momento em que permito que Jesus Se torne Senhor de minha vida. Posso dizer com convicção que isso acontece ao realizar as coisas que Ele me chamou exclusivamente para fazer em Sua obra. Deus me habilitou a ser bem-sucedido naquilo que me chamou para fazer e o trabalho se tornou meu prazer.

“Desde então, aprendi alguns passos para manter a visão correta ao buscar orientação do Senhor. Primeiro, você deve orar até que em seu íntimo diga: ‘Não se faça a minha vontade, mas a Tua.’ Você deve se submeter completamente ao Senhor ao orar e conceder-Lhe permissão para interromper ou modificar seus pedidos. Pense em Jesus no Jardim do Getsêmani. Segundo, lance mão dos conselhos bíblicos para analisar suas motivações. Se a sua motivação não for pura, você acabará ignorando a voz suave de advertência, e sérias consequências surgirão. Esse é o resultado natural de tentar gerenciar sua vida sem a orientação do Senhor. Não haverá nenhum culpado, a não ser você mesmo. Pense em Davi e nas consequências de seus atos. Terceiro, espere no Senhor. Não force as coisas a acontecer. Pense em Moisés e em como o Senhor deixou que ele acalmasse os nervos por 40 anos antes de estar pronto para cumprir sua missão. Quarto, mantenha a mente compenetrada naquilo que aprecia fazer. Explore seus dons e habilidades. [...] Em seguida, procure a melhor maneira de desempenhar aquilo para o qual foi chamado. Pense em Paulo e na maneira pela qual o Senhor mudou completamente o foco de sua missão. [...]

“Quando comecei a servir ao meu Senhor, usando os dons e habilidades que Ele colocou em mim, fui abençoado com tal alegria e felicidade que serão excedidas apenas na vida futura. Anseio ouvir na Terra renovada sua história e como o Senhor usou suas habilidades e dons singulares para lhe conceder uma vida feliz.”


-> Texto: William G. Johnsson, do devocional 2012 “Jesus a preciosa graça”, da Casa Publicadora Brasileira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...