Fé é a Vitória


Prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. Filipenses 3:14

A maior bênção que podemos receber é o 
correto conhecimento de nós mesmos, a fim de podermos ver nossos defeitos de caráter e, pela graça divina, repará-los. [...]

Estamos mais próximos de Deus hoje do que estávamos há um ano? Que mudança haveria em nossa experiência religiosa, que transformação de caráter, se dia após dia mantivéssemos o princípio de que não somos de nós mesmos, mas que nosso tempo e talentos pertencem a Deus, e que toda capacidade deve ser utilizada para fazer a vontade dEle e promover Sua glória. [...]

Podemos estar cercados pelas promessas de Deus, que serão como um muro de fogo ao nosso redor. Desejamos saber como exercitar a fé. A fé é dom de Deus, mas a faculdade de exercê-la é nossa. Se a fé permanecer inoperante, ela não será de utilidade para nós; mas, se exercitada, mantém todas as bênçãos ao seu alcance. A fé é a mão pela qual o coração se apodera da força do Infinito. É o meio pelo qual corações humanos, renovados pela graça de Cristo, batem em harmonia com o grande coração de amor.


A fé se firma nas promessas de Deus e as reivindica na certeza de que Ele fará justamente o que disse que faria. Jesus Se aproxima do pecador, desamparado e necessitado, e diz: “Tudo quanto em oração pedirdes, crede que recebestes, e será assim convosco” (Mc 11:24). Creia; reivindique as promessas e louve a Deus por ter recebido o que pediu a Ele, e quando maior for sua necessidade, você experimentará Sua bênção e receberá especial auxílio. […]

A interrogação que permanece em muitos corações é: Como encontrarei a felicidade? Não devemos fazer o alvo de nossa vida viver pela felicidade, mas certamente a encontraremos no caminho da humilde obediência. Paulo era feliz. Ele afirma repetidamente que, apesar dos sofrimentos, conflitos e provações que foi chamado a suportar, desfrutava de grande conforto. Ele disse: “Sinto-me grandemente confortado e transbordante de júbilo em toda a nossa tribulação” (2Co 7:14). Todas as energias do mais excelente dos apóstolos foram aplicadas no preparo para a futura vida imortal; e, quando o tempo de sua partida se aproximou, ele pôde exclamar em santo triunfo: “Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé. Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele dia” (2Tm 4:7, 8) (Signs of the Times, 22 de maio de 1884 - Ellen White)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...