Deus é bom


Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor para todo o sempre. Salmo 23:6

Quando falamos com o Senhor e reconhecemos Suas bênçãos de bondade e amor, há muito pelo qual sermos agradecidas.

Minha amiga, que conheci num retiro de mulheres, ensinou-me muito, por seu exemplo de singela confiança em Deus. Quando viajei com ela de carro, notei como falava em voz alta com Jesus, pedindo segurança e orientação. Ela negociava problemas do trânsito com paciência e calma, e não pude deixar de sentir a presença de Jesus conosco. Eu nem devia ter-me admirado diante disso, porque a Bíblia nos diz: “Aproximem-se de Deus, e Ele Se aproximará de vocês!” (Tiago 4:8, NVI).
É possível que, às vezes, nos esqueçamos dessas coisas, e é bom ter uma amiga – ou ser a amiga – que anima outra na caminhada diária com Jesus.

Há ocasiões incontáveis em que a bondade de Deus nos cerca, mesmo nas lutas da vida. Alguns anos atrás, nosso filho mais novo foi deixado pela esposa. Ele ficou com dois meninos, de 7 e 8 anos, para criar sozinho. Ter a responsabilidade exclusiva pelo cuidado deles significou alguns períodos difíceis. A natureza do seu emprego envolvia viagens regulares fora do estado, para gerenciar os negócios de uma grande empresa. Nessas ocasiões, meu esposo e eu íamos cuidar dos meninos em Adelaide, umas duas horas de onde moramos. Como todos os pais fazem, anelávamos a felicidade e estabilidade da nossa família, e por isso a situação se tornou motivo de oração.

Não sei como Deus atua ao responder às nossas petições, mas podemos descansar sabendo que Ele ouve, Se interessa e faz o que é melhor pelas nossas necessidades específicas. Num acampamento do Ministério da Mulher, senti-me impressionada a colocar o nome do nosso filho num diário de oração: “Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo” (Tiago 5:16). O Senhor achou por bem responder mandando uma admirável mulher para nosso filho, e, no devido tempo, casaram-se. Louvamos a Deus por essa bondade, pois os dois meninos tiveram, então, a oportunidade de crescer num ambiente familiar cristão.

Olhando para trás, para as evidências da guia de Deus na minha vida e na de minha família, creio firmemente que é só pela prática da presença de Cristo na vida que podemos resistir. Que eu testemunhe disso aos outros, assim como minha amiga revelou por seu exemplo para mim – Deus é bom!

(Joan D. L. Jaensch in Meditação da Mulher)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...