Faça-se de surdo!


Há vozes estranhas dentro de você, exigindo uma porção de coisas absurdas ao mesmo tempo. O tom é excessivamente autoritário e por demais ousado. Elas pedem que você abandone o seu cônjuge, que você cometa adultério, que você derrame o seu ódio contra o desafeto, que você volte às drogas, que você pratique um assalto, que você se relacione sexualmente com uma pessoa do mesmo sexo, que você mande às favas sua experiência religiosa, que você negue a seu Deus, que você use sua língua para arruinar alguém, que você dê um tiro no ouvido. É uma situação extremamente perigosa. 

Numa situação assim, você não pode agir passiva e covardemente. Quando o poderoso
Ben-Hadade, rei da Síria, mandou dizer a Acabe que a prata dele, o ouro dele, as mulheres dele e os melhores filhos dele eram seus, o rei de Israel, sem a menor resistência, respondeu: “Eu sou teu e tudo o que tenho” (1 Rs 20.1-12).

Não, não faça assim! Faça, porém, como os conselheiros de Israel falaram com Acabe: “Não lhe dês ouvidos, nem o consintas”. Seja sensato, não dê ouvido a essas vozes estranhas e absurdas que, às vezes, quebram o silêncio e fazem exigências inaceitáveis!

(Em letras grandes - Ultimato)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...