Um cântico no rádio


Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. Filipenses 4:6

A caminho do trabalho, eu chorava tanto que mal via a estrada. Era uma gloriosa manhã de inverno na Flórida, minha hora preferida do dia, meu tempo a sós com Deus. Mas aquele dia foi diferente. Eu tinha pensado que Deus estava guiando minha família e que havia aberto uma porta para mim, mas agora não tinha tanta certeza. Sete meses antes, meu esposo, Steven, e eu tomamos uma decisão dolorosa de nos mudarmos de Nova York para a Flórida. Nossa filha mais nova, Cassandra, sofria de asma grave, e de alergias a produtos alimentícios que lhe ameaçavam a vida. Seu único alívio vinha durante as férias de verão na Flórida, com minha família. Assim, querendo que ela tivesse maior qualidade de vida, decidimos que eu me mudaria com as meninas para a casa dos meus pais na Flórida, a fim de determinar se morar lá durante um ano seria vantajoso para Cassandra. Steven permaneceria em Nova York até que soubéssemos o resultado, e então, no caso de ser favorável, ele pediria uma transferência.


A transição foi suave para as meninas, já que estavam acostumadas a ficar com meus pais. Todavia, decidi que deveria mudar de carreira. Orei a respeito e dei um passo pela fé. Fiquei animada ao saber que tinha créditos suficientes para me candidatar a um certificado de educadora na Flórida. Mas, antes do início do curso, fui informada de que houvera um equívoco e que eu não me qualificava. Fiquei arrasada. Questionei por que Deus me houvera conduzido até esse ponto e depois me abandonado.

Dois meses depois, fui aceita no programa. Nunca fiquei tão sobrecarregada na minha vida. Trabalhava em tempo integral, cuidava das duas meninas e fazia meus trabalhos para a escola! Por isso, as lágrimas. Havia chegado ao ponto de não aguentar mais, e Deus sabia disso. Chorei tanto, que doeu. Aos poucos, tomei consciência de um cântico pelo rádio. A letra aconselhava: fique firme, está chegando a ajuda – Deus salvará o seu dia.

Senti-me como se Deus me houvesse tocado suavemente. Eu estava precisando do Seu toque e conforto. Sabia que a estrada à minha frente não seria fácil, mas sabia também que meu Deus cuidava de mim e me sustentaria – acontecesse o que acontecesse.

(Tamara Marquez de Smith in Meditação da Mulher)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...