A igreja de Laodicéia


Eu repreendo e disciplino a quantos amo. Sê, pois, zeloso e arrepende-te. Apocalipse 3:19

A mensagem à igreja de Laodiceia é uma denúncia alarmante, e aplica-­se ao povo de Deus no tempo presente. [...]
O Senhor nos mostra aqui que a mensagem a ser apresentada a Seu povo pelos pastores a quem Ele chamou para adverti-lo não é de paz e segurança. [...] O povo de Deus é representado na mensagem aos
laodiceanos como em uma posição de segurança carnal. Sentem-se bem, pois se imaginam em elevada condição de realizações espirituais. [...]

A mensagem da Testemunha Verdadeira encontra o povo de Deus em triste engano, embora sincero nele. Eles não sabem que sua condição é deplorável à vista de Deus. Enquanto aqueles que são abordados se enaltecem, achando que estão em elevada condição espiritual, a mensagem da Testemunha Verdadeira destrói sua segurança com a surpreendente denúncia de seu verdadeiro estado espiritual de cegueira, pobreza e miséria. [...]


A vida cristã é uma batalha contínua, uma marcha contínua. Não há descanso dessa luta. É por meio de constante, incessante esforço, que mantemos a vitória sobre as tentações de Satanás. [...] Somos plenamente apoiados em nossos pontos de fé por uma enorme quantidade de claros testemunhos bíblicos. Porém, carecemos muito de humildade, paciência, fé, amor e abnegação, vigilância e espírito de sacrifício bíblicos. Precisamos cultivar a santidade da Bíblia. O pecado domina entre o povo de Deus. [...] Muitos se apegam a suas dúvidas e a seus pecados cultivados, enquanto se encontram em tão grande engano que dizem e sentem que não necessitam de nada. [...]

Todos os soldados da cruz de Cristo praticamente se obrigam a entrar na cruzada contra o adversário das pessoas, para condenar o erro e sustentar a justiça. [...] A vida eterna é de infinito valor, e custará tudo quanto possuímos. [...]

Não basta aos pastores apresentar assuntos teóricos; eles devem apresentar também os que são práticos. Precisam estudar as lições práticas dadas por Cristo aos discípulos, e fazer íntima aplicação delas ao próprio coração e ao povo. Pelo fato de Cristo dar esse testemunho de reprovação, devemos supor que Ele seja destituído de terno amor para com Seu povo? Oh, não! [...] Ele repreende àqueles a quem ama 
(Review and Herald, 16 de setembro de 1873).

-> Texto: Ellen G. White, do devocional 2013 “Perto do Céu”, da Casa Publicadora Brasileira
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...