Preparando-se Para o Céu

Puseram-lhe, pois, sobre a cabeça um turbante limpo e o vestiram com trajes próprios. Zacarias 3:5









À medida que nos aproximamos dos perigos dos últimos dias, as tentações do inimigo tornam-se mais fortes e mais decididas. Satanás desceu com grande poder, sabendo que seu tempo é curto. Ele está operando "com todo engano de injustiça aos que perecem" (2Ts 2:10). Por meio da Palavra de Deus, é feita a nós a advertência de que, se fosse possível, ele enganaria os próprios eleitos.


Maravilhosos acontecimentos logo se desdobrarão perante o mundo. O fim de todas as coisas está próximo. O tempo de angústia está prestes a sobrevir ao povo de Deus. É então que sairá o decreto proibindo os que guardam o sábado do Senhor de comprar ou vender, e ameaçando-os de punição e mesmo de morte, se não observarem o primeiro dia da semana como o sábado. [...]

No tempo de angústia, Satanás instiga os ímpios, e eles cercam o povo de Deus para destruí-lo. Mas não sabe que foi escrito "perdão" ao lado de seus nomes nos livros do Céu. Não sabe que foi dada a ordem: "Tirai-lhes as vestes sujas", cobri-os de "outras vestes" e colocai neles "um turbante limpo sobre a cabeça" (Zc 3:4, 5).

Embora falemos da necessidade de nos separarmos do pecado, devemos nos lembrar de que Cristo veio ao nosso mundo para salvar pecadores, e que "também pode salvar totalmente os que por Ele se chegam a Deus". É nosso privilégio crer que Seu sangue pode nos purificar de toda mancha e mácula de pecado. Não devemos limitar o poder do Santo de Israel.

O Senhor quer que nos acheguemos a Ele assim como estamos: pecaminosos e corruptos. Seu sangue é eficaz. Rogo a vocês que não entristeçam Seu Espírito, continuando em pecado. Se caírem em tentação, não fiquem desanimados. Essa promessa tem ecoado até o nosso tempo: "Se alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o justo" (1Jo 2:1). Sinto que, por causa dessa promessa, deve irromper dos lábios humanos contínuo cântico de ação de graças. Juntemos essas preciosas joias da promessa. Quando Satanás nos acusar por nossa grande pecaminosidade e nos tentar a duvidar do poder de Deus para salvar, repitamos as palavras de Cristo: "O que vem a Mim, de modo nenhum o lançarei fora" (Jo 6:37) (Review and Herald, 19 de novembro de 1908).

-> Texto: Ellen G. White, do devocional 2013 “Perto do Céu”, da Casa Publicadora Brasileira.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...