A natureza de Deus


Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito, para que todo o que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

Alguns anos atrás, quando meu esposo e eu voltávamos do Parque Nacional
Jasper para casa, após a realização do Congresso Odontológico anual, decidimos passar o sábado no parque. Vivemos momentos extraordinários admirando a criação de Deus! Era de tirar o fôlego a vista da montanha. As flores silvestres eram lindas, e gostei de ver tantos animais selvagens.

Toda vez que minha mãe visitava as Montanhas Rochosas, tinha grande esperança de ver ursos. Quando via um, aquilo era o ponto alto do dia, e ela comentava que Deus respondera à sua oração. Sempre participei da euforia de mamãe, já que não há ursos no Brasil, nosso país natal. E sabendo que a região do Parque Nacional Jasper é terra de ursos, esperei que víssemos pelo menos um naquele sábado. Mas, ao voltarmos para casa, as chances diminuíam a cada quilômetro.

Enquanto eu dirigia, orei silenciosamente: Muito obrigada, querido Deus, por todas as bênçãos que recebemos neste fim de semana. Foi maravilhoso. Senhor, sei que não mereço, mas, do fundo do coração, também quero ver um urso. Eu sei! Eu devia estar contente com tudo o que tenho. Sim, muito obrigada, Pai! E assim, sentindo-me contente, continuei admirando a paisagem.

A vista era simplesmente espetacular, e era fácil distrair-se. Então, depois de uma curva, vi muitos carros parados dos dois lados da estrada. Eu sabia o que significava: algum animal selvagem no local. Entusiasmada, desacelerei, mas continuei em frente, porque não sabia onde estaria o animal. Passei por uns dois carros e ali estava ele: um filhote de urso negro, a dois metros do nosso carro!

Alegria e admiração me encheram a alma. Depois que partimos novamente, orei outra vez: Muito, muito obrigada! Sei que não mereço isto, mas estou muito feliz. O Senhor respondeu: “Eu sei. Não fiz isso por sua causa, mas por Minha causa! Sou amoroso, misericordioso e generoso, e Me deleito em vê-la feliz. Fiz isso porque a amo e queria que soubesse disso; não o fiz porque você merecia.” Sorri e pensei: Tu deste Teu Filho, não por meus méritos, mas porque me amas. Aquilo tornou a viagem inesquecível. Vi um urso porque Deus me ama.Lembre-se sempre: Deus a ama também.

(Eunice Passos Molina Berger in Meditação da Mulher)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...