A Visão do Céu

O Senhor está no Seu santo templo; o Senhor tem o Seu trono nos Céus. Seus olhos observam; Seus olhos examinam os filhos dos homens. Salmo 11:4

Fico pensando como deve ser a vida na Terra sob a perspectiva de Deus, da sala do trono do Universo, onde, como o poeta Milton escreveu:

Milhares se apressam a atender o Seu comando sobre a terra e o oceano, sem descanso.

Quão estranhas, pervertidas, distorcidas e débeis devem parecer as nossas ações!

Recentemente me deparei com uma notícia que, para mim, parecia ser piada. Mas não era, e mal posso conter o riso ao partilhá-la. O governo do estado de Oklahoma, Estados Unidos, declarou ilegal a briga de galos em 2002. E fez bem; trata-se de uma atividade cruel em que os galos usam as esporas e o bico para se mutilarem até a morte, enquanto os espectadores humanos apostam no resultado. A proibição desse “esporte” paralisou a indústria da briga de galos no equivalente a 100 milhões de dólares, de acordo com um senador e defensor de longa data da disputa sangrenta. Ele criou um plano para trazê-la de volta à ativa.

Ele propôs que os galos usassem pequenas luvas de boxe acopladas às esporas (não estou inventando isso) para que as aves pudessem “esmurrar-se” sem se machucar! O que o senador planejava fazer com o bico, se é que tinha um plano para isso, o noticiário não informou. Será que os galos usariam proteções nos bicos também?

A história não para por aqui. De acordo com o plano do senador, os galos usariam coletes apropriados, munidos de sensores eletrônicos que registrariam os golpes e ajudariam a marcar os pontos para determinar o vencedor. Você consegue imaginar a cena? Galos vestidos com coletes e luvas de boxe se atacando? Hilário!

O que não é hilário são as pessoas no estado de Oklahoma, e em cada estado e país, que lutam pela sobrevivência a cada dia e a cada noite. Pais solteiros, aflitos com a situação dos filhos. Preocupações em ganhar o dinheiro do aluguel ou da próxima parcela do financiamento. Pessoas lutando contra enfermidades. Medo da violência. Tantas pessoas sobrecarregadas com preocupações, procurando uma saída ou mesmo um raio de esperança. Tanto a fazer, tantas coisas que precisam ser consertadas!
E os governantes perdendo tempo em discutir a possibilidade de colocar coletes e luvas de boxe em galos!

Ora, vem, Senhor Jesus, e arruma esse caos!

(Meditações Diárias / Rede Maranatha)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...