Conheça Jesus


Em Deus eu confio, e não temerei. [...] Pois me livraste da morte e os meus pés de tropeçarem, para que eu ande diante de Deus na luz que ilumina os vivos. Salmo 56:11-13

Nasci no Japão e cresci no seio de uma
família cristã. Meus pais incutiram em mim o respeito para com Deus. Sou muito grata a eles.

Quando eu tinha 15 anos, meu pai foi aos Estados Unidos para fazer doutorado. Por várias razões, fui matriculada num internato da igreja, longe da minha família, e morei no dormitório. Tudo o que eu via era novo para mim. As pessoas ao meu redor eram bondosas e amigáveis, mas tive dificuldade por causa da barreira do idioma. Muitas vezes, sentia-me desnorteada, sozinha e assustada. Quando me sentia só, falava com Jesus através da oração. Ele entendia minhas palavras e meus pensamentos, e Se tornou meu melhor Amigo.


Certa manhã, apareceu uma erupção nas minhas pernas. A enfermeira da escola me levou para consultar um médico e ele diagnosticou sumagre venenoso. Sugeriu que eu tomasse um banho de espuma e me deu uns comprimidos. Mas, uma semana depois, a alergia se havia espalhado por todo o meu corpo, com exceção do rosto. Causava coceiras terríveis. Eu não conseguia dormir à noite, e durante o dia sentia grande incômodo. Orei a Deus para que me socorresse.

Vários meses passaram, mas não houve melhora; a situação ficou pior. Consultei outro médico e tentei outros medicamentos também. Nessa ocasião, comecei a ler acerca de , que sofreu com chagas dolorosas. Quando olho para trás, vejo que Deus estava me preparando para que eu me humilhasse diante dEle. Ele estava tirando de mim toda a minha força e orgulho humanos.

Um dia, voltei da aula e fui para o meu quarto, onde podia ficar sozinha. Fechei a porta e chorei em silêncio. Tinha medo de que pudesse ser ouvida chorando. Então, de repente, vi Jesus sentado numa pedra, no Jardim das Oliveiras. Era meio-dia, mas ao meu redor estava escuro como a noite. Uma luz fraca brilhou do Seu corpo e me vi no Seu colo. Ouvi Sua voz suave dizendo: “Não tema. Fique em paz.” Naquele momento, todas as minhas tristezas e amarguras desapareceram, e uma paz perfeita tomou conta da minha mente. Há um Deus que me conhece e me ama, e Ele ama você também. Gradualmente, Ele restaurou minha saúde; sou-Lhe grata porque Ele sustenta minha vida até hoje.

 (Eriko Suzuki inMeditação da Mulher)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...