Como é a vida de uma pessoa que se desvia dos caminhos do Senhor?



Imagina uma pessoa em uma situação difícil, mas muito difícil mesmo, onde todos seus planos dão errado. Aí essa pessoa pensa... não tem como piorar mais, já chegou o limite.

Mas infelizmente, piora e piora muito.

Essa é a vida de um desviado, experimentar sete vezes mais do seu sofrimento quando se afasta dos caminhos do Senhor. Aceitar a Jesus, entender a mensagem que o evangelho nos trás, participar do amor de Deus, e depois de tudo isso, querer voltar ao lamaçal do pecado, é o mesmo que pular em um abismo.

“Porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se fizeram participantes do Espírito Santo, e provaram a boa palavra de Deus e as virtudes do século futuro, e recaíram sejam outra vez renovados para o arrependimento; pois assim, quanto a eles, de novo crucificavam o Filho de Deus e o expõem ao vitupério.” (Hebreus 6: 4)


“Quando um espírito imundo tem saído do homem, anda por lugares secos, buscando repouso; e, não o achando diz: Tornarei para minha casa, de onde saís. E, chegando, acha-a varrida e adornada. Então vai e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele; e, entrando, habitam ali; e o último estado desse homem é pior que o primeiro.” (Lucas 11: 24-26)

Talvez nem uma passagem bíblica reflita tão bem a vida de uma pessoa que se afasta de Deus como esse. A pessoa precisa entender que não pode servir a dois senhores, não existe e nunca vai existir a possibilidade de ficar com um pé no mundo e outro dentro da igreja, como muitos dizem por aí.
Creio que essa é a resposta para essa pergunta, então vamos entender porque as pessoas se desviam. Existe um versículo muito interessante e muito forte na Bíblia, que as pessoas deveriam prestar mais atenção e que pode responder por que uma pessoa se desvia dos caminhos Senhor.

“Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” (João 8: 36)

Muitos acabam se perdendo, alguns conseguem voltar para Deus, outros não. A grande maioria se arrepende e volta, devido ao sofrimento que não é pouco, mas existem aqueles teimosos que adoram a escravidão do pecado, e aqueles que não tem força para escapar das amarras do diabo, e, infelizmente acabam indo por um caminho sem volta e como está escrito na Bíblia, o salário do pecado é a morte. (Romanos 6: 23)

“Há caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte.” (Provérbios 14: 12)

Existe uma série de situações que fazem o ser humano andar errado, mas nenhuma serve como desculpa pelo pecado. Jesus não veio para condenar ou julgar, Ele veio trazer a palavra, Ele mesmo diz: Já há quem julgue!

“Se eu viera, nem lhes houvera falado, não teriam pecado, mas, agora, não têm desculpa do seu pecado.” (João 15: 22)

“Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado.” (2 Pedro 2: 21)

Conclusão: Jesus não veio trazer somente a palavra para nós, Ele não veio aqui para que suas palavras servissem simplesmente de ameaças. Com Ele é sim, sim ou não, não. Não devemos ter a idéia de que não podemos pecar se não vamos para o inferno (isso é obvio), não podemos viver amarrados nisso, se não, seremos escravos de Satanás. Antes temos que pensar em honrar o nome de Jesus. Se você ficar só pensando em não ir para o inferno, com certeza, irá esquecer do que você tem que fazer para ir para o céu.


Ed Cláudio M. Cruz
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...